12 casais trocam alianças em casamento coletivo no Santuário do Rocio

Em uma missa especial celebrada pelo bispo Dom João Alves dos Santos, 12 casais trocaram alianças e confirmaram a união diante de familiares, amigos e devotos que lotaram a igreja na noite de ontem (08)

por Redação JB Litoral
09/11/2014 09:00 (Última atualização: 09/11/2014)

NULL

Momentos de muita emoção marcaram o primeiro casamento coletivo realizado pelo Santuário do Rocio. Em uma missa especial celebrada pelo bispo Dom João Alves dos Santos, 12 casais trocaram alianças e confirmaram a união diante de familiares, amigos e devotos que lotaram a igreja na noite de sábado (08)

A maioria dos casais. já vivia junto há bastante tempo e segundo o bispo Dom João todos foram muito bem preparados para a cerimônia. “Foi uma iniciativa do Santuário em conjunto com outras paróquias de Paranaguá no sentido de dar uma oportunidade a casais que já vivem juntos apenas civilmente de realizar o sacramento do matrimônio.”

Dom João destaca a importância dessa iniciativa, principalmente quando estamos vivendo o ano da família. “O santo papa Francisco convocou a Igreja para promover a evangelização da família no mundo. Essa cerimônia foi um testemunho vivo de fé, onde casais novos, de meia idade e outros já idosos puderam confirmar a graça de Deus no sacramento do matrimônio nesse espírito de comunhão, de fidelidade e construção de uma família.”

Para Madalena Morato, o casamento na igreja foi a realização de um sonho. Ela era casada apenas no civil há 31 anos com Gilson Morato. “Foi um momento de grande emoção, principalmente com a participação do bispo dom João.”

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

O casal Dileusa Rodrigues da Rocha Oliveira e Deusimar de Oliveira também era casado apenas no civil há 20 anos. “Esperei este momento por muito tempo. O dia de hoje foi especial e ficará marcado para toda a vida”, relatou Dileusa.

Segundo o padre Sérgio Lima, além do casamento coletivo, o trabalho realizado pelo Santuário junto aos casais já rendeu outros frutos. “Já realizamos batismos, além de catequese e primeira comunhão de adultos. Os casais também demonstram vontade de viver a espiritualidade conjugal.”

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments