Abordagem de rotina leva PM a encontrar dezenas de pedras de crack e arma de fogo em Guaratuba

Na Rua Cascavel, bairro Cohapar, em Guaratuba, uma equipe de Radiopatrulha da PM, suspeitou, na noite deste sábado, 10, de um rapaz e resolveu abordá-lo

por Redação JB Litoral
12/01/2015 17:00 (Última atualização: 12/01/2015)

NULL

Na Rua Cascavel, bairro Cohapar, em Guaratuba, uma equipe de Radiopatrulha da PM, suspeitou, na noite deste sábado, 10, de um rapaz e resolveu abordá-lo. Segundo informações da tenente Aline Canfild, Comandante de Policiamento de Unidade (CPU), o jovem estava contando dinheiro quando foi abordado pelos policiais. “Eles o questionaram sobre a origem do dinheiro e inicialmente ele não soube responder e ainda afirmou ter 16 anos. Diante da imprecisão, os policiais chamaram apoio de outra equipe, e juntos começaram a fazer buscas nas imediações e encontraram, em uma pequena moita ao lado, uma bolsinha na qual havia sete buchas de cocaína, 168 pedras de crack e 36 buchas de maconha”, conta a oficial.

Depois de encontrarem o material, segundo Canfild, ele admitiu que era dele e que usava o local como ponto de venda de drogas. Sendo assim, a equipe encaminhou o jovem à delegacia, onde foi feita a checagem no sistema e descoberto que ele possui 18 anos, não sendo, então, adolescente como dizia. Diante do fato, a ele foi dada voz de prisão e feitos os procedimentos de praxe, que se iniciaram com o encaminhamento à delegacia de Guaratuba.

ARMA DE FOGO

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Logo em seguida, a Central de Operações Policiais Militares (COPOM) recebeu denúncia anônima de que em uma casa próxima ao local da abordagem, haveria um homem armado que teria fugido quando a PM chegou ao local para abordar aquele primeiro. “Ao checar a denúncia, a equipe policial se deparou com dois homens fugindo pelos fundos da casa”.

De acordo com Canfild, ao serem realizadas buscas na residência foram localizados um revólver calibre 38 (com seis munições), mais cinco munições de calibre 38, mais um pouco de droga (uma bucha) e R$ 37,00 em dinheiro trocado. Diante dos fatos, a arma e a droga foram encaminhados à delegacia. ?A apreensão da arma se deu em razão da denúncia anônima feita pela população, o que contribui muito e sempre auxilia em situações como esta, por isso denuncie sempre?, pede Canfild.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments