Adolescente parnanguara é campeão paranaense de Jiu-jítsu e sonha com títulos maiores

por Redação JB Litoral
03/12/2019 18:50 (Última atualização: 24/02/2020)

O adolescente parnanguara Bruno Henrique Batista Gonçalves, de 16 anos, tem se destacado no cenário estadual de jiu-jítsu. No último dia 30, ele venceu a 6ª etapa do campeonato paranaense, em Curitiba, e, com isso, se tornou o campeão em sua categoria (faixa azul, peso meio pesado) e, também, ficou em primeiro lugar na somatória de todas as etapas, que acontecem desde março. Mais de 700 atletas participaram do campeonato.

A história do menino com o esporte começa desde antes de seu nascimento, já que seu pai, o Vigilante e Ensacador Jackson José Peter Custódio Gonçalves, mais conhecido como Jacó, já praticava jiu-jítsu desde jovem e incentivou o filho a seguir o mesmo caminho. “Decidi lutar porque me inspirei no meu pai e nos professores, que sempre me incentivaram. Entrei no jiu-jítsu aos 10 anos e fui treinando até que as portas fossem abertas para eu participar dos campeonatos”, diz Bruno.

Ele conta que, apesar de estar se destacando e vencendo os torneios os quais participa, ainda assim, não é fácil lutar, devido às dificuldades financeiras. “Ter uma ajuda de alguém é muito difícil, então lutar é muito difícil. Primeiro eu tirava dinheiro do meu bolso, meu pai bancava, aí fui criando visibilidade e crescendo. A Ótica Sua Visão e a sorveteria Frutos de Goiás me ajudaram desde o início, só que precisaram dar uma pausa neste ano. Mas sou muito grato a eles, que acreditaram no meu potencial e investiram em mim”, explica. Os principais custos com as lutas são as viagens, transporte, pedágio, alimentação, inscrições dos campeonatos e quimonos.

""

Novos campeonatos

Com o excelente resultado conquistado no Campeonato Paranaense, Bruno está confiante para participar de disputas ainda maiores. Segundo ele, o próximo que ele participará será o Campeonato Sul-Americano, em fevereiro.  

""

Quero crescer, ir para campeonatos mais famosos e, seo for campeão, pelo menos estar no pódio. Mas preciso de apoio e ajuda, porque se tivesse, já teria ido para vários torneios”, diz o menino.

O pai, Jacó, está muito orgulhoso. “Para mim, ver ele se destacando assim é motivo de muito orgulho. Na minha época não tinha esses campeonatos, e ver ele participando é a realização de um sonho. Meu foco está em treinar ele, porque sou faixa preta. Treinamos na Academia TT Team, filiada à OCSJJ, com o Mestre Everson TT Chemure”, conta.  
 

Sindicato dos Ensacadores investe em esporte

Como Jacó é sindicalizado ao Sindicato dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias em Geral de Paranaguá (SINDTRAB), mais conhecido como Sindicato dos Ensacadores, ele foi até o Presidente Lindonei dos Santos Nascimento para pedir suporte ao filho, que prontamente acatou a ideia. “Ele veio pedir pelo sonho do filho dele, e isso é muito emocionante, porque às vezes os pais ficam preocupados com tantas coisas e esquecem-se dos filhos”, diz Lindonei.

O presidente diz que o sindicato não consegue ajudar tanto quanto ele gostaria, mas que com o pouco que é disponibilizado, já é possível fazer a diferença para Bruno Henrique. “É um momento de alegria poder fazer parte da história do Bruno, apesar de ser com pouco. A gente vê o empenho dele, a dedicação ao esporte, e isso ele levará para o resto da vida, como cidadão e na sua vida pessoal, pois o esporte promove ensinamentos e disciplina. Para nós, poder ajudar e fazer parte dessa história é muito gratificante”, afirma.

Além do SINDTRAB, a Senna Studio Automotivo e Salão Transformer’s também apoiam a caminhada esportiva de Bruno Henrique.

""

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments