Alunos da Educação Especial de Guaratuba retornarão com acolhimento no CMAE

por Redação JB Litoral
17/02/2021 15:17 (Última atualização: 2 semanas atrás)

Foto/Prefeitura de Guaratuba

A Secretaria Municipal da Educação de Guaratuba se reuniu na segunda-feira (15) com a equipe do Centro Municipal de Atendimento Educacional (CMAE) e com as coordenadoras pedagógicas das escolas para ajustar os últimos detalhes do plano de volta às aulas dos alunos do fundamental da Educação Especial.  

Na quinta-feira (18) e sexta-feira (19) os pais e alunos da Educação Especial que decidiram pela volta presencial serão recebidos para acolhimento individual e orientação no CMAE. A equipe do Centro entrará em contato com os pais para fazer o agendamento da acolhida. 

Neste primeiro momento, 39 alunos que possuem algum tipo de deficiência, Transtorno do Espectro Autista (TEA) ou Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) retornam para o ensino presencial. Na próxima semana, os alunos com TEA voltam inicialmente nas salas de recurso. Esse período é necessário para que seja feita uma transição mais tranquila para o aluno, retornando o vínculo emocional com a escola e o professor.

Segundo a psicóloga do CMAE, Márcia Javorsky Pacheco, as crianças com TEA por exemplo apresentam prejuízo na comunicação e na relação com o outro e tendem a encontrar obstáculos para restabelecer uma rotina diária.

“Pensando nestes aspectos, especialmente voltado aos alunos com TEA, tivemos a preocupação de receber estes alunos com muito cuidado, oferecendo a oportunidade de frequentar presencialmente a escola de forma gradativa, promovendo a adaptação desses alunos sem gerar picos de ansiedade, que podem vir a desencadear comportamentos que resultem em prejuízo para a própria criança”, explica a psicóloga.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

O acolhimento na quinta e sexta-feira será dado pelos profissionais do CMAE, recepcionando os pais e alunos e explicando toda a dinâmica do processo de adaptação. “Os cuidados e todos os protocolos de higienização, uso de EPIs e procedimentos de distanciamento para o retorno às aulas, foram cuidadosamente pensados, e com a colaboração de todos poderemos ter um retorno salutar”, ressalta a psicóloga.

Os pais ou responsáveis assinarão uma ata de acolhimento específico no CMAE.

Fonte: Prefeitura de Guaratuba

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments