“Ampliação da estrutura de saúde é finita”, diz secretário de Saúde de Guaratuba

por Redação JB Litoral
08/03/2021 14:17 (Última atualização: 08/03/2021)

A Prefeitura de Guaratuba informou que o Pronto Socorro (PS) do município está em sua capacidade máxima, com 17 pacientes na ala Covid-19 e, como em todo o Estado, com pacientes aguardando mais de 24h por um leito de UTI. 

A situação se agravou na noite de sexta-feira (5), quando não havia mais equipamentos de ventilação mecânica (respiradores). A Secretaria Municipal da Saúde conseguiu emprestar um respirador de Pontal do Paraná e realizou um encaminhamento para Hospital Regional do Litoral (HRL) para amenizar a situação do PS. 

A pedido do prefeito Roberto Justus (DEM), o deputado estadual Nelson Justus, também do DEM, interviu junto ao secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, e conseguiu um respirador novo para o município. O secretário também confirmou em conversa com o deputado a abertura de mais 5 leitos de UTI no HRL.  

O secretário Municipal da Saúde, Gabriel Modesto, alerta que a ampliação da estrutura de saúde é finita, e que não bastam somente equipamentos, precisa de espaço físico, insumos, materiais e principalmente de equipe de profissionais.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

“O Estado e o município não estão medindo esforços para garantir atendimento a todos os pacientes, mas sem apoio da população na atenção as medidas e cuidados, teremos dias difíceis, agora mais do que nunca, não é hora de se contaminar, ou arriscar contaminar sua família”, ressaltou.

Fonte: AEN

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments