Após casos confirmados de Covid-19, Câmara de Paranaguá interrompe atividades

por Redação JB Litoral
24/02/2021 13:52 (Última atualização: 24/02/2021)

Foto: JB Litoral

Fonte: Assessoria Câmara Municipal de Paranaguá

A Câmara Municipal de Paranaguá informou nesta terça-feira que, em virtude da existência de três casos confirmados do novo coronavírus entre servidores, e de alguns outros casos suspeitos, o presidente da Casa, Fábio Santos (PSDB), baixou uma portaria para interromper as atividades no prédio legislativo até a próxima segunda-feira, dia 1º de março.

Durante este período, a vigilância sanitária estará realizando uma ação de higienização em todas as dependências do Palácio Carijó.

Além disso, caso haja uma evolução no quantitativo de pessoas infectadas, que trabalhem no Palácio Carijó, novas medidas protetivas serão tomadas.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

“Estamos acompanhando com muita responsabilidade e cuidado esta situação para evitarmos que haja uma contaminação em maior grau dentro do prédio público. E reforçamos aqui o pedido para que as aglomerações sejam evitadas e que as medidas de proteção individual, como o uso de máscara, não seja ignorado pela sociedade”, explicou Fábio Santos.

Medidas preventivas

A administração reforça que, desde o ano passado, a Câmara Municipal de Paranaguá tem limitado a presença de público junto aos gabinetes legislativos, bem como proibiu a presença de pessoas no plenário em dias de sessão.

Outra medida foi fazer com que as sessões legislativas ocorressem de forma remota, com os vereadores participando das sessões por meio do aplicativo zoom direto dos próprios gabinetes. Assim como ocorre em todos os outros lugares, o uso de máscara e a higienização das mãos com álcool gel são ações obrigatórias dentro do prédio do Poder Legislativo Municipal.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments