Doa a quem doer

Armazém Macedo: concluído e não inaugurado

Por Direto da Redação
19/07/2021 09:22 |
Atualizado em 09:22

Ruína histórica da encantadora cidade de Antonina, o restauro do Armazém Macedo (Foto) sempre foi um sonho dos capelistas. Em 2018, a deputada federal Christiane Yared (PL) conseguiu recursos federais de R$ 6.4 milhões que, dois anos após, fez do sonho realidade. João Arruda (MDB) também foi outro parlamentar que ajudou com recursos.

Concluído em maio do ano passado e faltando ajustes que levariam a média de um mês e meio, o sonho se tornou um certo “pesadelo”, pois segue sem data para inauguração pelo prefeito Zé Paulo (PSD), após um ano.  Não se sabe o porquê de este belo patrimônio histórico estar de portas fechadas, pois outras ações da prefeitura foram realizadas durante a pandemia, mas, certamente, isso ajudaria depois de aberto e com a intensa visitação de moradores e turistas, a fomentar a sorveteria que fica diante dele, entre outros comércios.

De forma “ácida”, já tem morador da cidade dizendo por aí que o motivo seria “político/pessoal”, já que o dono da sorveteria beneficiada é o ex-prefeito João Domero, que o derrotou nas urnas em 2016. Pode isso? Enquanto não sai a inauguração, os “boatos” circulam. Daqui a pouco o Governo Federal deverá cobrar da gestão a utilidade dos quase R$ 7 milhões gastos na obra.