Capitania dos Portos do Paraná comemora 162 anos de criação

por Redação JB Litoral
01/10/2015 22:56 (Última atualização: 01/10/2015)

NULL

A Capitania dos Portos do Paraná (CPPR), uma das mais antigas do Brasil, comemorou seus 162 anos de criação no dia 1° de outubro. Desde 1853, a CPPR representa a Marinha do Brasil no estado do Paraná, tendo sob sua jurisdição 65 municípios.

Em sua Ordem do Dia, o Capitão dos Portos do Paraná, Capitão-de-Mar-e-Guerra, Renato Pericin Rodrigues da Silva, destacou que as dificuldades da atual conjuntura são superadas com perseverança e abnegação. Apesar dos desafios naturais advindos de suas atribuições, a Capitania jamais deixou de enfrentá-los e buscar o melhor atendimento da nossa comunidade marítima e usuários dos nossos serviços. Temos muito orgulho da nossa Capitania, da sua história e da sua tradição, declarou o Capitão dos Portos”.

Sediada no município de Paranaguá, a CPPR conta com um efetivo de 120 pessoas, entre militares da ativa e da reserva e servidores civis. Seu lema “Sua Segurança no Mar é a nossa Missão”, traduz suas principais tarefas que são a de contribuir para a segurança da navegação, salvaguarda da vida humana no mar e prevenção da poluição hídrica.

Em mensagem de congratulações, o Comandante do 5.° Distrito Naval, Vice-Almirante Leonardo Puntel, salientou a contribuição que a Capitania oferece na condução de suas tarefas.

“Ao longo desses 162 anos de existência, a CPPR tem contribuído, sobremaneira, para a orientação, coordenação e controle das atividades relativas à Marinha Mercante e organizações correlatas, zelando pela segurança da navegação, pela prevenção da poluição hídrica e pela salvaguarda da vida humana no mar”, frisou.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

IMPÉRIO

A história da CPPR funde-se à história do Paraná: Em 1° de outubro de 1853, logo após a emancipação da Província do Paraná, foi criada, por intermédio do Decreto Imperial n.°1.241, a Capitania dos Portos do Paraná. A CPPR está presente na segunda maior Baía do Brasil, com 667 km² de extensão, compreendendo as baías de Paranaguá, Guaraqueçaba e Pinheiros.

Desde abril deste ano, a CPPR teve sua área de jurisdição ampliada, passando a atuar, também, junto aos municípios da região dos Campos Gerais, como Ponta Grossa, Telêmaco Borba e São Mateus do Sul. Sua atuação abrange as sete cidades do litoral do Paraná e as localizadas na Região Metropolitana de Curitiba.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments