Casal acusado vender drogas em bar é preso pela Polícia Militar

por Redação JB Litoral
13/03/2020 17:19 (Última atualização: 14/03/2020)

Um casal acusado de comercializar drogas em um bar no Jardim Iguaçu, em Paranaguá, foi preso pela Polícia Militar, na noite de quinta-feira, 22. Durante as diligências, foram apreendidas 92 pedras de crack embaladas para a venda, além de buchas de cocaína e R$ 23.400,00 mil.

Tudo começou quando uma equipe da PM, a qual estava em patrulhamento pelo bairro, foi até o bar do casal Raimundo da Silva, de 51 anos, e Solange Ribeiro, de 54, contra os quais haviam denúncias, repassadas pelo número 181 (Narcodenúncia), relatando que eles realizavam a venda de entorpecentes no estabelecimento.

Ao chegarem, os militares desconfiaram quando um dos clientes, ao perceber a movimentação policial, arremessou algo que tinha em sua mão, para dentro do balcão. Imediatamente foi realizada a abordagem e o suspeito alegou que estava no bar apenas para a compra de bebidas.

Raimundo da Silva, que estava no balcão, ao ser questionado sobre a situação, pediu que os policiais procurassem tal objeto arremessado. Em seguida, os militares realizaram uma busca no comércio e encontraram, escondida entre duas cadeiras plásticas, que estavam posicionadas uma sobre a outra, um pote contendo 22 pedras de crack embaladas para a venda.

Neste momento, o comerciante teria assumido a propriedade do entorpecente, dizendo que havia pego 20 gramas de crack para vender, porque precisava de dinheiro para pagar umas contas. A versão também foi confirmada por Solange, esposa dele.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Mas os policiais continuaram as buscas e acabaram encontrando mais drogas. Ao lado da pia do bar, dentro de uma caixa de papelão com várias tampinhas plásticas de bebidas, foi localizado outro pote com 18 buchas de cocaína e, no depósito do ponto comercial, mais 70 pedras de crack e uma grande bucha de cocaína, pesando 27 gramas, que estavam em outro pote.

Na residência, que fica anexo ao bar, os policiais ainda encontraram, em uma caixa de isopor, R$ 23.400,00 e de 51 dólares americanos. Em decorrência de tudo que foi apreendido, Raimundo e Solange acabaram presos e foram levados ao plantão da Delegacia Cidadã, junto com tudo que foi apreendido, para a elaboração do flagrante.

O outro homem que estava no bar no momento da abordagem, também foi conduzido para a delegacia, mas ele foi ouvido como testemunha e liberado.