Destaques

Casal de Matinhos é assassinado a tiros na frente dos filhos durante a madrugada

NA MADRUGADA
Por Redação
15/07/2022 11:52 |
Atualizado em 4 semanas atrás

Um duplo homicídio ocorrido na cidade de Matinhos, na madrugada desta sexta-feira (15), foi descoberto pela polícia durante a manhã, quando a filha das vitimas procurou os vizinhos para informar que os pais estavam mortos. Diego Camilo, de 36 anos, e Mhirley Evern Difert, de 38, foram assassinados na casa onde moravam com os dois filhos, na rua Dezenove do balneário Saint Etienne.

Casal de Matinhos é assassinado a tiros na frente dos filhos durante a madrugada, JB Litoral - Notícias de Paranaguá, Guaratuba, Morretes, Guaraqueçaba e litoral do Paraná
Vítimas foram surpreendidas no quarto

Por volta das 7h30, uma mulher ligou para a Polícia Militar relatando que uma menina de 7 anos chegou na porta de sua residência com outra criança de colo, dizendo que os pais estavam mortos. De imediato equipes da Polícia Militar foram até a residência das vítimas, as quais foram encontradas em óbito no quarto, com ferimentos de arma de fogo.

Durante as diligências, os militares apuraram que, por volta da meia noite, dois homens encapuzados invadiram a residência e surpreenderam o casal no quarto. Um dos invasores pegou a criança de colo, que estava com os pais, e entregou para a irmã segurar. Em seguida ele voltou até o quarto e atirou nas vítimas.

A menina, temendo pela vida dela e do irmão mais novo, ficou no interior da residência até o amanhecer do dia, quando saiu para pedir ajuda. Ao chegarem ao local, os policiais encontraram a residência do casal com a porta arrombada. Diego foi encontrado em óbito, no chão do quarto, e a mulher na cama.

No local foram encontrados 4 estojos de munição calibre 12. Os militares isolaram a área para as análises da Polícia Científica e, em seguida, os corpos foram recolhidos pelo Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá para exames complementares.

Uma equipe da Polícia Civil também esteve no lugar do crime colhendo informações para dar início às investigações e as duas crianças foram entregues ao Conselho Tutelar. Informações preliminares dão conta de que o casal tinha histórico criminal por porte de entorpecente e Diego por violência doméstica.