Chuva forte deixa famílias desalojadas em Guaratuba

por Redação JB Litoral
17/02/2019 18:34 (Última atualização: 17/02/2019)

Foto: Defesa Civil do Governo do Paraná

Cerca de 100 pessoas ficaram desalojadas em Guaratuba, no Litoral do Estado, em função das fortes chuvas que atingem a região desde sexta-feira (15). A Defesa Civil estima que cerca de 40 famílias estejam desalojadas em função dos alagamentos que ocorreram no município.

O ginásio dos esportes Ney Braga está sendo usado para abrigar quem teve a casa inundada. Em três dias, choveu cerca de 60% do previsto para todo o mês de fevereiro na região. De sexta a domingo (17), o Simepar registrou 196 milímetros de chuva em Guaratuba. A média para o mês de fevereiro é de 294 milímetros.

De acordo com a Defesa Civil, a chuva intensa e o risco de alagamentos eram esperados e os moradores do Litoral foram alertados por meio de mensagens de texto. Como a Defesa Civil continua atendendo chamados na região, é possível que o número de desalojados ainda suba.

Os alagamentos atingiram todo o município de Guaratuba. No entanto, a situação é mais crítica nos bairros Mirim, Carvoeiro, Cohapar 2 e Nereidas.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, há risco de deslizamentos no município e as equipes estão em alerta. Dados do Simepar indicam que as chuvas continuam intensas na segunda-feira (18)  na região do Litoral e começam a perder forças a partir de terça-feira (19).

A Defesa Civil emitiu um alerta de alto risco de deslizamento em todas as áreas próximas de morros, tais como Caieiras, Ferry, morro Morretes.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

A Prefeitura de Guaratuba está recebendo as famílias desalojadas por causa dos alagamentos no Ginásio Municipal de Esportes Governador José Richa.

Os pontos de alagamentos se intensificaram por causa da maré que está subindo até as 14h30.

A Defesa Civil Municipal e também equipes da Prefeitura estão monitorando toda a cidade. A orientação é que em caso de perigo, as pessoas deixem o local imediatamente.
Ligue: 193, 199 ou 41 99993-7468 (Marcius – Defesa Civil Municipal)

Fonte: Agências de Notícias do Estado

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments