Com 464 funcionários aptos para o serviço, Prefeitura de Paranaguá gastará R$ 3.5 milhões na limpeza de pontos de ônibus

por Redação JB Litoral
19/04/2019 01:17 (Última atualização: 24/02/2020)

Com um quadro fixo de 5.397 colaboradores, dos quais 464 estão aptos para exercerem as funções mais básicas na administração, como auxiliares de serviços gerais, a Prefeitura de Paranaguá pretende gastar R$ 3.5 milhões na contratação de empresa para prestação de serviços de manutenção e limpeza dos abrigos de pontos de ônibus do município.

A contratação será feita na modalidade de menor preço, por meio da Concorrência Pública 04/2019, e o processo licitatório será realizado às 09h do dia 08 de maio, na Secretaria Municipal de Administração. O valor máximo da licitação é de R$ 3.593.383,50 ( Três milhões e quinhentos e noventa e três mil e trezentos e oitenta e três reais e cinquenta centavos) e prevê a limpeza e manutenção dos pontos e coberturas, execução de calçamento, substituição das peças defeituosas, bem como promover a reparação da instalação, no período máximo de cinco dias úteis, após a comunicação pela Secretaria de Serviços Urbanos (Semsu), pelo prazo de um ano.

Os valores da prestação destes serviços, de acordo com o Edital de Licitação, variam de R$ 280,00 na limpeza de um ponto aberto, R$ 360,00 para um fechado e até R$ 877,70 na implantação de um que precise de remoção. Para a implantação apenas da cobertura, os valores variam de R$ 421,00 a R$ 498,87, e na colocação somente da lixeira, o custo é de R$ 378,00. A previsão é de que sejam implantadas 250 lixeiras, que custarão R$ 94.5 mil aos cofres públicos. Entretanto, a implantação de 2.450 coberturas sairá por R$ 1.222.231,50 ( Um milhão e duzentos e vinte e dois mil e duzentos e trinta e um reais e cinquenta centavos.

[[galeria_externa 558]]

99 pontos por R$ 2.8 milhões

Enquanto não ocorre a licitação para a limpeza de abrigos de ônibus, a prefeitura homologou, desde o final de fevereiro, a compra de 99 novos abrigos, do tipo metálicos, da empresa General Engenharia de Obras Ltda, a qual venceu a Concorrência Pública 24/2018, por mais de R$ 2.8 milhões (R$ 2.830.470,00).Esta é a primeira vez, nesta gestão, que a Prefeitura realiza investimentos na renovação dos pontos de ônibus, uma vez que a última compra foi feita pelo então Prefeito Edison de Oliveira Kersten (MDB), em fevereiro de 2015, na qual gastou R$ 410 mil em 100 novas coberturas. Este valor foi proveniente do Fundo do Transporte Coletivo Municipal (Funtecom), a qual recebe parte do valor da tarifa paga pelos passageiros. Naquela época, o preço médio por utensílio foi de R$ 4.100, este ano, porém, girou em torno de R$ 28.590,00, somado todos os quatro tamanhos adquiridos.

Nesta compra realizada pela atual administração municipal, em 2019, não foi informado se os recursos vieram ou não do Funtecom.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

O JB Litoral procurou a Secretaria de Comunicação Social, que se limitou a informar que a “instalação deve se iniciar em aproximadamente 30 dias”. O prazo de colocação, segundo o edital de licitação, é de 90 dias corridos após o recebimento da ordem de serviço, emitida pela Secretaria de Serviços Urbanos, devidamente assinada pelo fiscal responsável.

De acordo com o contrato firmado com a administração, os materiais instalados e os serviços executados deverão ser garantidos pela empresa, contra defeitos de fabricação ou de instalação, pelo período mínimo de um ano, contando a partir da data de recebimento definitivo da instalação. Neste período, ela terá que efetuar a substituição das peças defeituosas e fazer a reparação da instalação, no período máximo de cinco dias úteis, após a comunicação da Semsu.
 

Dos 99, Alexandra terá cinco pontos
 

Segundo o Edital de Licitação, os pontos terão bicicletário com espaço para até três bicicletas, uma lixeira metálica com pedestal chumbado ao piso, com capacidade de 50 litros de armazenamento, e piso de concreto usinado.Os 99 pontos são divididos em quatro diferentes tamanhos: 11 pequenos (3,5 metros), 65 médios (4,5 metros), 21 grandes (9 metros) e dois extragrandes (12,18 metros), que serão colocados na Rua Vereador Salim Jorge Chede, diante da biblioteca, e na Avenida Bento Munhoz da Rocha Neto, em frente ao Colégio Estadual José Bonifácio.Para o Bairro de Alexandra, o maior onde o sistema de transporte coletivo possui linhas, será destinado cinco coberturas: na Rua Savino Tripoli, KM 19, Rio das Pedras, Estação Ferroviária e na Escola Municipal Tiradentes.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments