Combate à dengue: Carros com fumacê percorrem bairros de Paranaguá nesta quinta-feira

Seis veículos vão percorrer as localidades para soltar a nebulização para eliminar o mosquito transmissor da dengue

por Redação JB Litoral
30/07/2015 13:00 (Última atualização: 30/07/2015)

NULL

Outro trabalho importante no combate à dengue será iniciado na tarde desta quinta-feira (dia 30), a aplicação de nebulização com 6 carros de fumacê. Os primeiros bairros beneficiados serão: Serraria do Rocha, Porto dos Padres, Palmital, Bockmann, Jardim Eldorado, Emboguaçu e Vila dos Comerciários. A saída está prevista para 15h30.

A ação é uma parceria entre a Prefeitura de Paranaguá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e a Secretaria de Estado da Saúde. A partir de amanhã um carro de fumacê ficará atendendo especificamente a Ilha dos Valadares.

A aplicação de fumacê, que tem eficácia na eliminação do mosquito transmissor da dengue, o Aedes Aegypti na forma alada (ou seja, voando), é uma estratégia adotada porque já foram registrados 29 casos da doença contraídos na cidade (autóctones). São pacientes de 21 dos 33 bairros confirmados com foco positivo do inseto.

José Carlos, coordenador de Combate à Dengue da Secretaria de Estado da Saúde, detalha como será feito o trabalho. “Vamos fazer o fumacê em toda a cidade. A gente pede que a população abra as janelas da casa quando ver que o carro com o fumacê está passando e que proteja os animais e alimentos, para que possa entrar na residência e assim eliminar o mosquito”, afirmou.

Ao todo, 74 profissionais de saúde estão trabalhando no combate à dengue em Paranaguá. São 25 agentes de endemias, 10 agentes comunitários de saúde, 20 guardas civis municipais, 10 funcionários da Secretaria de Estado da Saúde (1.ª Regional) e 9 agentes da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) cedidos ao município.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Nesta semana outra ação realizada foi a aplicação de inseticida com bomba costal, o que elimina o mosquito transmissor em seu criadouro, na forma de larva. Na tarde desta quinta-feira, às 14h, no auditório da Biblioteca Municipal Leôncio Corrêa, ocorrerá outra capacitação de profissionais da área médica em relação à assistência ao paciente, com médico da Secretaria de Estado da Saúde.

Todos os esforços estão sendo no sentido de conscientizar a população e eliminar o transmissor ainda quando ele está na fase de ovo ou larva, lembra a enfermeira Isabelle Antoniacomi, do Departamento de Epidemiologia da Secretaria de Saúde.

“Esse é um esforço que tem de ser conjunto, envolvendo as autoridades públicas e também a população, que tem que fazer a sua parte não deixando água parada em nenhum recipiente em sua casa e quintal”, alertou a enfermeira.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments