Costeira realizará mutirão contra a dengue no próximo sábado

por Redação JB Litoral
14/01/2016 14:43 (Última atualização: 14/01/2016)

NULL

Uma reunião realizada na noite de quarta-feira (13) na sede comunitária da Associação de Moradores do Bairro da Costeira (AMBAC) definiu detalhes e a logística para realização de um mutirão de combate a dengue no bairro. 

Convocados pelas redes sociais, através do líder comunitário, o empresário Maickon Chemure e pela diretoria da Ambac, os moradores compareceram em pequeno número, mas o suficiente para repercutir o trabalho que já começou nesta quinta-feira.

Além do empresário e da diretoria da Associação, estiveram presentes o vereador Arnaldo Maranhão (PSB), o diretor da Secretaria de Meio Ambiente, Gerson França, o representante da ONG Paranaguá Criativa, uma representante da Secretaria da Saúde e um palestrante da ONG Paranaguá Criativa e o pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular do bairro, Cleodinor da Costa.

Entre os moradores, esteve presente o ex-vice-prefeito Fabiano Vicente Elias (PTN), que conseguiu 10 caçambas coletoras e maquinário para colaborar no mutirão contra a dengue.

Ficou definido que o mutirão ocorrerá no sábado, a partir das 10 horas e mobilizará lideranças comunitárias e moradores no trabalho de conscientização e coleta de entulhos e materiais que podem contribuir com focos de proliferação do mosq uito da dengue.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

A logística, segundo a organização, se dará com a colocação de 10 caçambas coletoras em pontos estratégicos do bairro, onde os moradores poderão depositar seus entulhos e também serão distribuídos sacos plásticos para que sejam colocados objetos que possam reter água.

Presente na reunião, Gerson França da secretaria de Meio Ambiente, falou das ações que a prefeitura está tomando para combater a dengue e disponibilizou, a partir de hoje, três caminhões de coleta e uma pá carregadeira para recolhimento do que for despejado e ser levado para o aterro sanitário. No sábado, Gerson França se comprometeu em disponibilizar dois caminhões de coleta e uma pá carregadeira das 10 horas até às 15hs30 para o bairro.

Para os casos de moradores que não mais residem no bairro e possuem situações que propiciam a proliferação do mosquito da dengue, como é o caso da piscina sem manutenção há anos, localizada na residência da fotógrafa Cristiane Coutinho, que se encontra em Portugal, deverão ser denunciados para Vigilância Sanitária e secretarias de Urbanismo e Meio Ambiente.

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments