Denúncia de caça na Colônia Quintilha leva homem à prisão

Com base na denúncia, os policiais se deslocaram até o local e, após incursão a pé na mata, encontraram uma pessoa e com ela duas espingardas: uma calibre 36 e outra calibre 20.

por Luiza Rampelotti
05/03/2020 14:36 (Última atualização: 05/03/2020)

Espingardas e munições apreendidas na Colônia Quintilha

Na segunda-feira (02), uma equipe da Polícia Ambiental de Paranaguá prestou atendimento a uma denúncia anônima, a qual relatou a constante prática de caça na Colônia Quintilha, dentro dos limites do Parque Nacional Saint-Hilaire Lange. Com base na denúncia, os policiais se deslocaram até o local e, após incursão a pé na mata, encontraram uma pessoa e com ela duas espingardas: uma calibre 36 e outra calibre 20.

Também foram apreendidas 33 munições calibre 32 e 10 munições calibre 20. Além disso, os policiais deram voz de prisão ao autor dos fatos.

Na sequência, o homem foi encaminhado à sede da Primeira Companhia Ambiental, onde foi lavrado Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 5 mil, com fundamento no artigo 92 do Decreto Federal 6.514/08.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

O autor, as armas e as munições foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal de Paranaguá, para lavratura do flagrante de delito, nos termos do Artigo 14 da Lei 10.826/2003 e Artigo 52 da Lei 9.605/98.