Antonina

Depois de dois anos, Antonina volta a receber foliões para comemorar Carnaval fora de época

Por Gabriel Santos
19/07/2022 15:03 |
Atualizado em 4 semanas atrás

Conhecida por suas famosas festas de Carnaval, Antonina voltará a receber, no próximo sábado (23), os desfiles das escolas de samba integrantes da Associação das Escolas de Samba, Blocos Carnavalescos e Folclóricos de Antonina (Aesba). O evento CarnaFEST será uma das atrações culturais da 32ª edição do Festival de Inverno da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e promete reunir mais de 10 mil pessoas na avenida do Samba.

As apresentações são resultado da oficina de alegoria e adereços promovida pela organização do festival às agremiações Unidos do Portinho, Leões de Ouro, Batel e Filhos da Capela. Com os conceitos aprendidos no workshop, os carnavalescos se unirão para apresentar um desfile totalmente especial.

“Depois de dois anos sem comemorar o Carnaval nas ruas, a nossa intenção é ir para a avenida celebrar esse evento fora de época, mesmo com proporções menores, por isso, conseguimos juntar as quatro escolas para preparar esse desfile”, explica a presidente da Aesba, Elise Nilce Correia.

De acordo com a Aesba, o cortejo reunirá também os blocos carnavalescos “Última Hora” e “Suvaco da Cobra”. Para participar desses blocos, os foliões precisam comprar o abadá oficial do evento, que custa R$ 40. A roupa pode ser comprada no dia com Aesba ou no Theatro Municipal de Antonina, localizado na rua Dr. Carlos Gomes da Costa, nº 266.

Após o desfile do CarnaFEST, a cantora Jay Ferreira sobe no palco principal do Festival de Inverno para apresentar, às 23h, o “Pipoca da Jay”. A artista traz um reportório especial cantando as melhores canções do axé music, com foco em difundir a cultura baiana. O show irá encerrar a programação oficial da 32ª edição do Festival de Inverno da UFPR.

Oficinas gratuitas

De 18 a 22 de julho, o festival também oferta outras oficinas artísticas, como a “Iniciação ao toque de Maracatu Baque Virado”, “Yrapóa: Cantos e Danças Indígenas” e “Iniciando nas Danças Urbanas”. Os encontros acontecem na Escola Municipal Professor Gil Feres, das 14h às 17h.