Covid-19

Despejos no país podem ser prorrogado até março, decidirá STF

Por Redação
06/12/2021 11:54 |
Atualizado em 15:50

Nesta segunda até quarta-feira (8) o Supremo Tribunal Federal (STF) analisará a decisão do Ministro Luís Roberto Barroso, que estendeu a suspensão dos despejos e de desocupações de imóveis podem continuar suspensas até março de 2022. Esta decisão é válida para imóveis em áreas urbanas e rurais.

Proibidas desde até 31 de dezembro deste ano, em junho, o ministro mandou suspender todas as ordens de remoção por seis meses e, naquela época, aproximadamente 64 mil famílias estavam ameaçadas de despejo e o número quase dobrou.

Hoje são cerca de 123 mil famílias que estão nessa situação, segundo o ministro Barroso.

O julgamento acontece de hoje (6) a quarta-feira (8), de forma remota, em que não há debate entre os ministros que apenas depositam seus votos.