Empresa de flores, que vendeu cimento para a Prefeitura de Paranaguá, é de ex-presidente do PV

Além de descobrir que o empresário foi presidente do PV de Matinhos, Adriano Ramos levantou, ainda, que o atual Secretário Municipal do Meio Ambiente também é do PV do Paraná

por Redação JB Litoral
20/05/2017 21:27 (Última atualização: 20/05/2017)

Investigação de Adriano antecipou algumas respostas do requerimento de Jozias da Negui

Faltando ainda 15 dias para o Prefeito Marcelo Roque do Partido Verde (PV) responder o Pedido de Informações proposto pelo Vereador Jozias de Oliveira Ramos (PDT), o Jozias da Negui, e aprovado por 14 votos favoráveis e nenhum contrário, sobre a polêmica compra de cimento em uma empresa que tem como atividade econômica principal, a venda de flores naturais, o Vereador Adriano Ramos (PHS), antecipando a resposta, descobriu que a empresa fornecedora Blasczyk – Limpeza e conservação Ltda, pertence a um ex-presidente do PV da cidade de Matinhos, mesmo partido do Chefe do Poder Executivo de Paranaguá.

No pedido de informação da aquisição emergencial de materiais pré-fabricados, cimento e Manta Geotextil, Jozias da Negui pediu cópia integral, relatórios, informações e outros documentos relativos ao Processo de Dispensa de Licitação nº 006/2017, no valor de R$ 313.222,50.

O vereador também quer saber do prefeito se a cidade de Paranaguá não possui empresas que pudessem fornecer estas mercadorias, uma vez que a Blasczyk está situada em Matinhos.

Na oportunidade o Vereador Adriano Ramos (PHS) elogiou a iniciativa do autor do Requerimento e disse, também, ter estranhado o fato da compra ter sido feita em outra cidade. Segundo ele, quando ocorre a dispensa de licitação é possível efetuar a compra onde a prefeitura desejar e, desta vez, não foram privilegiadas empresas da cidade.
 

“A gente compra pão na padaria, carne no açougue; comprar cimento e outros materiais numa empresa deste segmento e em outra cidade causou estranheza a todos da casa”, disse o vereador para a imprensa após a sessão.
 

Empresa de flores, que vendeu cimento para a Prefeitura de Paranaguá, é de ex-presidente do PV 2Posse de Blasczyk na presidência do PV de Matinhos em 2011
 

Empresário e prefeito militaram juntos no PV
 

Intrigado com a decisão da prefeitura em comprar o cimento na cidade balneária, o vereador fez um levantamento da empresa e confirmou que a Atividade Econômica Principal, de fato é o comércio varejista de plantas e flores naturais. Entretanto, descobriu que, entre as Atividades Econômicas Secundárias, a Blasczyk também atua no Comércio varejista de materiais de construção em geral, o que legaliza a compra feita pela prefeitura.

Todavia, ao verificar quem são os sócios proprietários da empresa, constatou tratar-se de João Miguel Gralak Blasczyk e Ivone Nareski Blasczyk. Ao aprofundar-se nesta pesquisa, ficou surpreso em saber que João Blasczyk foi presidente do PV a partir de junho de 2011, quando Marcelo Roque ainda estava no mesmo partido. O prefeito de Paranaguá deixou o PV em setembro daquele ano, durante a gestão de João Blasczyk. Depois de algumas trocas de siglas, a última delas o Solidariedade (SD), Marcelo Roque voltou ao PV. O empresário, por sua vez, permaneceu no PV até 2014.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Mas as surpresas partidárias não param por aí, indo mais a fundo nesta investigação, Adriano Ramos descobriu também que o atual Secretário Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Raphael Rolim de Moura, faz parte da Executiva Estadual do PV, onde ocupa o cargo de Secretário de Formação, na atual gestão.
 

Empresa de flores, que vendeu cimento para a Prefeitura de Paranaguá, é de ex-presidente do PV 3Empresário no lançamento da pré-candidatura de Marcelo Roque para prefeito de Pontal pelo PSDB em 2012

Blasczyk apoiou Marcelo para prefeito em 2012
 

Vale lembrar que João Blasczyk, ainda na condição de presidente do PV de Matinhos, esteve presente no lançamento oficial da pré-candidatura de Marcelo Roque pelo PSDB na disputa da prefeitura da cidade de Pontal do Paraná em 2012. Mesmo após deixar o PV, a solenidade contou com a presença de importantes nomes tucanos e verdes, como os deputados, Mauro Moraes (PSDB) e Roberto Acioli (PV), além de representantes do Deputado Federal Francischini (PSDB) e da Deputada Federal Roseane Ferreira (PV). Na época também prestaram apoio o Secretário Estadual do PV, Francisco Caetano, o ex-Prefeito de Morretes Helder, os vereadores Nelson Mademar (PPL), Barriga (PV), Aramis (PSD) e Oseias (PV), o Presidente Municipal do DEM Neco Aguiar, presidente do PV Fernando Marzo e a Presidente do PDT Luciana Pombo, o ex-Prefeito de Paranaguá Mario Roque e o vereador Marquinho Roque. Num discurso contundente, Mauro Moraes afirmou que Marcelo Roque era o pré-candidato do governador Beto Richa (PSDB) à Prefeitura de Pontal do Paraná, “manifestando a certeza de dias melhores para o povo pontalense”, conforme noticiou o jornal virtual www.nahorahmatinhos.blogspot.com.br na época.

 

LEIA TAMBÉM
 

CIMENTO EM EMPRESA DE FLORES- Câmara quer explicações de Marcelo Roque sobre compra sem licitação de R$ 313 mil

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments