Policial

Familiares procuram por estivador de 50 anos, desaparecido em Paranaguá

Por Diogo Monteiro
27/06/2022 15:14 |
Atualizado em 17:30

A família de um homem de 50 anos procura informações sobre o seu paradeiro desde a última quarta-feira (22), quando saiu para trabalhar e não foi mais visto. De acordo com familiares, o último contato com o estivador Rogério Versão Miranda, foi por telefone, quando ele chegou a trocar mensagens com a sua esposa e, na sequência, não atendeu mais as ligações.

Familiares procuram por estivador de 50 anos, desaparecido em Paranaguá, JB Litoral - Notícias de Paranaguá, Guaratuba, Morretes, Guaraqueçaba e litoral do Paraná
Com o auxílio do Corpo de Bombeiros, familiares e amigos seguem nas buscas. Foto: Diogo Monteiro/JB Litoral

Na tarde deste domingo (26), familiares e amigos iniciaram as buscas por meios próprios pela região. Em entrevista ao JB Litoral, Silvano Fernandes, primo do Rogério, conversou com a nossa equipe e contou como iniciou a busca até encontrar a bicicleta dele próximo a uma pedreira desativada, às margens da BR-277, numa região conhecida como “Pixirica”. “A família e os amigos dele estão procurando por diversos bairros da cidade e não conseguimos acha-lo. No domingo mudamos a estratégia e iniciamos as buscas nas colônias e conseguimos uma informação importante. O dono de uma lanchonete aqui da “Pixirica” viu ele passando por aqui de bicicleta e nos informou que ele entrou aqui no matagal, viemos para cá e encontramos a bicicleta dele em um local distante da entrada, mas não conseguimos achar ele por aqui e por estar escuro encerramos as buscas”, relatou o primo.

Assim que os familiares encontraram a bicicleta e os pertences do Rogério, um novo Boletim de Ocorrência (BO) foi confeccionado, pedindo apoio do Corpo de Bombeiros (CB) e da Polícia Civil (PC) para que pudessem auxiliar nas buscas. “Quando encontramos a bicicleta dele, nós concentramos o nosso trabalho nessa região, que é conhecida por pessoas que utilizam esse espaço para subir em uma pedra alta que tem aqui para orar, ou até mesmo visitar, mas não o encontramos por aqui. Hoje pela manhã o Corpo de Bombeiros, veio nos ajudar com um drone e não tivemos nenhum sinal de que ele possa estar por aqui”, revelou o familiar.

Familiares procuram por estivador de 50 anos, desaparecido em Paranaguá, JB Litoral - Notícias de Paranaguá, Guaratuba, Morretes, Guaraqueçaba e litoral do Paraná
A bicicleta do estivador foi encontrada no matagal, próximo a subida da Pixirica em Paranaguá. Foto: Redes Sociais

Quem souber ou tiver informações do paradeiro do estivador deverá entrar em contato com o Corpo de Bombeiros pelo 193, Polícia Militar 190 ou pelo 153 da Guarda Civil Municipal. Outro contato disponível é o da família, pelo (41) 9 95729220 ou (41) 996840235. “Até o momento não temos uma informação concreta de onde ele esteja, já mobilizamos mais de 200 pessoas que estão procurando por ele. Se alguém tiver alguma informação concreta ou saiba onde ele está que nos avise, pois estamos esperançosos de encontrar ele bem e com saúde”, finalizou Silvano.

Confira a entrevista completa do Silvano Fernandes ao JB Litoral: