Filho de candidata à direção escolar entrou em novembro no colégio, diz denúncia

por Redação JB Litoral
01/12/2015 21:00 (Última atualização: 01/12/2015)

NULL

Com as eleições para direção escolar na rede estadual de ensino acontecendo nesta quinta-feira (3) em todo o Paraná, uma grave denúncia foi enviada ao whatsapp do JB nesta semana, envolvendo uma candidata a diretora no colégio estadual Rocha Pombo na cidade de Antonina.

De acordo com a denúncia, o estudante João Leo Costa Silva (22), filho da candidata à direção, a professora Elenita da Silva Costa, passou estudar o 3° ano do ensino médio, a partir de novembro, uma vez que sua matrícula ocorreu no dia 24 deste mês.

Para o denunciante, a motivação da matrícula foi no sentido de garantir mais um voto para sua mãe na eleição que ocorre nesta quinta-feira no colégio e ressalta o fato dele não ter estudado o ano inteiro como os demais estudantes da escola. O denunciante questiona o fato da atual direção do colégio aceitar a matrícula de um estudante sem frequência nenhuma e não descarta que ele seja aprovado neste final de semestre.

Na denúncia, consta ainda a informação que no mês de setembro foi feita uma reunião com os alunos do ensino médio e a diretora Sonia Mara Pereira da Cruz, disse que, em hipótese alguma alguém, seria possível matricular-se no Rocha Pombo. Entretanto a matricula do filho da candidata ocorreu no dia 24 de novembro.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

A reportagem do JB não conseguiu descobrir um contato com a candidata a direção e o estudante e deixa um espaço para que ambos, se manifestem sobre o assunto até sexta-feira (4), caso queiram. Para isso, basta entrar com contato com o Portal, através de um dos seus endereços eletrônicos.

Entretanto, procurará nesta semana o Núcleo Regional de Educação de Paranaguá (NRE) para que esclareça esta situação e possa confirmar ou não a veracidade da denúncia.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments