Gal Costa revisita a ditadura na música nordestina na série inédita ‘O Silêncio que Canta por Liberdade

por Stereo Pop
21/01/2021 17:23 (Última atualização: 21/01/2021)

Gal Costa durante as filmagens com Úrsula Corona. Crédito: Victor Carvalho

A cantora Gal Costa, um dos maiores nomes da música brasileira, resgata a memória da ditadura brasileira (1964-1985) no seriado “O Silêncio que Canta por Liberdade”, que tem previsão de estreia para 2021 na televisão brasileira.

A produção, dirigida pela atriz Úrsula Corona, documenta a censura sofrida na música produzida na região Nordeste, a partir de depoimentos de intérpretes, compositores, instrumentistas e produtores.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

No episódio que aborda o movimento tropicalista baiano, Gal defende o livre arbítrio dos brasileiros ao questionar interferências autoritárias, independente de ideologias. A artista ainda reflete sobre a sua estreia nos palcos em 1964, no Teatro Vila Velha, em Salvador, ao lado de Caetano Veloso, Gilberto Gil Maria Bethânia.

“O Silêncio que Canta por Liberdade” é costurado por imagens de arquivo e documentos oficiais. A obra original é idealizada pela Sete Artes Produções e coproduzida com Luni Produções, SUPER 8 e Círculo Filmes. A direção geral é de Omar Marzagão e o roteiro final é de André Araújo, Ernesto Rheinboldt e Úrsula Corona.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments