GCM prende homem por assediar a enteada na Ilha do Mel

por Redação JB Litoral
10/01/2021 21:08 (Última atualização: 10/01/2021)

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) prenderam, na manhã deste domingo, 10, na Ilha do Mel, um homem acusado de importunação sexual contra sua enteada, uma adolescente de 17 anos. A prisão ocorreu após denúncia feita pela mãe da vítima.

A ação teve início por volta das 9h50, quando a Central de Controle Operacional da GCM informou aos agentes da Divisão Marítima e Ambiental que se encontravam em serviço na Ilha do Mel, sobre uma ligação de uma mulher, moradora na Praia de Nova Brasília, a qual relatou que sua filha teria sofrido abuso do padrasto.

Imediatamente os agentes se deslocaram até o local informado e encontraram a adolescente na casa ao lado onde reside, que pertence a uma amiga da família. Ela relatou aos guardas civis que estava dormindo, quando seu padrasto chegou de madrugada, após ingerir bebida alcoólica.

Em suas declarações, a jovem disse que acordou com o homem alisando seu corpo e que, então, levantou rapidamente e saiu de perto dele. A menor disse que, em seguida, ligou para o celular da sua mãe, a qual estava em outro local, informando a situação e foi orientada a ir para a casa da vizinha.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Em seguida, os agentes foram até a residência do suspeito, de 46 anos, o qual, ao ser abordado, admitiu que havia chegado em casa após beber e confessou ter acariciado a enteada, alegando que não sabia onde estava com a cabeça quando tomou tal atitude.

Diante dos fatos, o homem acabou preso e encaminhado ao plantão da Delegacia Cidadã, em Paranaguá, onde foi autuado em flagrante pelo crime de importunação sexual, sendo, na sequência, conduzido para a Cadeia Pública, onde ficou recolhido à disposição da Justiça.

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments