Política

Gleisi anuncia o PAC Paraná em reunião do Fórum Futuro 10

Por Redação JB Litoral
07/08/2014 17:00 |
Atualizado em 17:00

A candidata à governadora pela coligação Paraná Olhando Pra Frente, Gleisi Hoffmann, anunciou na manhã desta quinta-feira (7) que irá criar o PAC Paraná (Programa de Aceleração de Crescimento), um conjunto de ações articuladas pelo governo do Estado com foco em infraestrutura, educação, saúde e segurança.

Gleisi participou, em Curitiba, da sabatina organizada pelo Fórum Permanente Futuro 10 Paraná, que congrega as principais entidades representativas do setor produtivo do Estado, universidades e outras instituições.

A candidata afirmou que o governo deve planejar o crescimento do Estado a longo prazo, mas também definir prioridades. “É importante planejar nosso crescimento a longo prazo, como faz o Fórum Permanente Futuro 10, mas também temos o dever de apresentar resultados a curto prazo. Junto com a sociedade organizada, vamos definir prioridades e executar o PAC Paraná, que consiste em uma série de políticas articuladas pelo governo do Estado em conjunto com o governo federal e entidades representativas.”

Na área da educação, a candidata disse que o governo estadual irá garantir qualidade do ensino básico, médio e superior. “Vamos reproduzir o Proinfância Paraná, fazendo com que, até 2016, todos os alunos de 4 a 6 anos tenham acesso às pré-escolas. Também vamos trabalhar para que 25% das crianças tenham educação integral nos próximos quatro anos, e não somente até 2024, como ficou instituído no PNE. Na educação superior, iremos organizar a rede de universidades e institutos em favor do desenvolvimento”, destacou Gleisi, fazendo críticas à situação atual de grande parte das escolas no Estado. “É injustificável termos escolas com goteiras. Em nosso governo, ao final de quatro anos, vamos ter todas as escolas recuperadas.”

Gleisi disse ainda que o Estado tem potencial para se tornar referência em saúde pública para o País. “Somos a 5ª economia nacional e a 23ª em investimentos em saúde. Vamos mudar essa realidade investindo em programas como o Mais Médicos Especialistas e o Exame na Hora Certa, desafogando as filas para consultas.” Ela afirmou que irá integrar o sistema de saúde, criando uma rede entre as unidades, pela internet, e melhorando o atendimento para a população.

Na área de Segurança Pública, a candidata destacou a necessidade de integração entre as forças policiais e citou como exemplo o trabalho realizado pela prefeitura de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

Gleisi também ressaltou que o Paraná precisa e pode avançar na qualidade da gestão pública e apresentou sete propostas principais para tornar a administração estadual mais eficiente. “Temos que ter equilíbrio econômico; cumprir os impositivos legais, como a LRF; reduzir os servidores comissionados; adotar a tecnologia da informação como um instrumento de melhorias dos serviços públicos e o relacionamento com a sociedade; meritocracia e resultados por metas para os servidores do Estado; escola de gestão e também adotar um escritório de projetos, para que o Paraná possa captar recursos e investimentos federais e de entidades internacionais.”

A candidata afirmou ainda que o Estado deve funcionar como ente organizador e articulador das forças locais, com dedicação e planejamento para executar as políticas sociais e econômicas que a sociedade precisa. “Vamos instituir o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, com o objetivo de planejar as políticas para o futuro do Paraná. Também vamos implantar mesas de diálogo permanente com a sociedade e criar o Conselho de Transparência Pública, ligada à Controladoria Geral do Estado.”

A candidata esteve acompanhada de Ricardo Gomyde, candidato ao Senado, e do coordenador regional da campanha Dilma Rousseff, deputado federal Dr. Rosinha.