Homem é preso por vender drogas às margens do Rio Nhundiaquara

por Redação JB Litoral
06/04/2021 20:18 (Última atualização: 6 dias atrás)

No início da noite de segunda-feira, 5, policiais militares do 9º Batalhão prenderam Jonathan Henrique Wanke Elias, de 26 anos, acusado de comercializar drogas às margens do Rio Nhundiaquara, na cidade de Morretes. A ação foi realizada uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel), após diligências realizadas pela Agência Local de Inteligência (ALI) que se encontrava monitorando a situação.

Conforme as informações repassadas pela PM, o suspeito, alvo da operação, escondia os entorpecentes na sua casa. Rotineiramente, durante intervalos de tempo, ele saía do imóvel, munido de uma pequena porção de tóxicos, e seguia para fazer a comercialização na beira do rio, até surgir a necessidade de buscar mais.

Os militares seguiram até o endereço, localizado na Rua Almirante Frederico de Oliveira, Vila Santo Antônio, e acompanharam a movimentação à distância, observando a maneira de agir do denunciado. Em determinado momento da vigilância, a equipe visualizou o rapaz saindo da sua casa com um invólucro plástico, em uma das mãos, e seguindo de bicicleta até o Rio Nhundiaquara.

De imediato, os policiais militares foram atrás dele e realizaram a abordagem. Durante a busca pessoal a equipe localizou, enrolados em papel filme, seis tabletes pequenos de maconha, pesando aproximadamente 11 gramas, e mais R$ 40,00, divididos em notas de pequeno valor.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

No momento da abordagem, Jonathan ainda teria jogado uma porção da droga no rio, a qual foi levada pela força da correnteza e não pôde ser recuperada. Posteriormente, os policias foram à casa dele e localizaram mais 16 gramas da mesma substância, bem como uma caderneta contendo anotações contábeis do tráfico de entorpecentes, e dois rolos de papel filme utilizado no preparo e acondicionamento da maconha para a comercialização.

Diante dos fatos, o rapaz recebeu voz de prisão e foi encaminhado até a Delegacia de Polícia Civil de Morretes, junto com tudo que foi apreendido, para a elaboração do flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments