Jovem sofre queimaduras após explosão em área portuária

por Redação JB Litoral
20/10/2020 13:21 (Última atualização: 20/10/2020)

(Foto: divulgação/redes sociais)

Uma explosão na área portuária, no bairro Dom Pedro II, em Paranaguá, na manhã desta terça-feira (20), assustou os trabalhadores e moradores da região, e deixou um jovem de aproximadamente 25 anos ferido. O acidente aconteceu em uma empresa privada, que movimenta grãos e malte.

Segundo a equipe do Corpo de Bombeiros que esteve no local, “o princípio de incêndio se deu na correia transportadora, que vai até o Silo de Armazenagem. O incêndio não foi de grandes proporções, mas ele se alastrou um pouco pela correia”, informou em nota.

Além do Corpo de Bombeiros, o SAMU também esteve no local para atendimento da vítima. De acordo com o Guarda Civil Municipal, Jean Balboni, o rapaz teve cerca de 60% do corpo queimado. “Quando chegamos na empresa, o pessoal já estava dando os primeiros atendimentos, eles [a empresa] têm uma brigada de incêndio. Estavam montando uma linha de combate ao incêndio, ajudamos eles. Tinha um rapaz queimado. Com algumas queimaduras, vou chutar uns 60% do corpo. Foi acionado o SAMU, em seguida o primeiro carro do Corpo de Bombeiros e o sargento que estava comandando essa guarnição solicitou apoio, devido a gravidade da situação”, contou.

O JB Litoral entrou em contato com o Hospital Regional do Litoral para obter informações sobre o estado de saúde da vítima, mas, até a publicação desta matéria, não teve retorno.

Em nota, a Portos do Paraná se manifestou sobre o ocorrido. “A Portos do Paraná informa que houve um princípio de incêndio na Sipal, um terminal privado fora da área do porto de Paranaguá. O terminal opera com a importação de grãos e movimentava Malte, no momento do acidente. O fogo já foi controlado e as causas serão investigadas. Não há impactos nas operações do porto e por tratar-se de empresa privada, fora da área da poligonal, a Portos do Paraná esclarece que as informações devem ser fornecidas pela empresa e Corpo de Bombeiros”.

Vídeo: reprodução/WhatsApp

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments