“Lobo”, documentário premiado, é exibido na Ilha do Mel

por Redação JB Litoral
13/05/2018 17:52 (Última atualização: 13/05/2018)

O curta-metragem, que mostra a vida de Carlos Trincheiras, atraiu turistas e nativos que puderam conversar pessoalmente com o artista.

No sábado (05), a pousada Astral da Ilha, de Guilherme Tissot, localizada na Ilha do Mel, promoveu a exposição do filme “Lobo”, o qual retrata o dia a dia do artista Carlos Trincheiras – o Lobo, que atualmente reside na paradisíaca ilha no litoral do Paraná. Em 23 minutos, o documentário mostra parte das criações do artista e sua maneira excêntrica de viver.

Carlos Henrique Félix Machado Trincheiras, natural de Portugal, é filho do ex-diretor do Teatro Guaíra, também Carlos Trincheiras, e da renomada bailarina Isabel Santa Rosa. O currículo dos pais é extenso e o filho segue o mesmo caminho. Pintor, escultor, músico, produtor, figurinista e publicitário são apenas algumas das facetas deste artista multicultural, incomum e completo. Após a morte do pai, em 1993, Lobo retornou para Portugal com sua mãe, e lá perdeu tudo. Permaneceu no país durante 6 anos, como morador em situação de rua, antes de voltar ao Brasil e viver por um ano dentro da floresta, em cima de uma árvore, sem contato com a civilização, na Ilha do Mel.

“Lobo”, documentário premiado, é exibido na Ilha do Mel 2

Filme na Ilha do Mel contou com um bom público

“Lobo” (2016) é um documentário dirigido por Thiago Nascimento Busse e conta um pouco a respeito do período de isolamento de Trincheiras quando chegou à Ilha do Mel, além da versatilidade e da vida nada convencional do artista e sua relação com a natureza, música e arte. A produção já angaria diversos prêmios, entre eles de melhor documentário em Portugal e cinco prêmios Kinoarte. “Ele (Lobo) tem um lado que foge do convencional, e foi isto que me deu um clique dizendo que ali eu teria um belo documentário”, afirma Busse.

“Lobo”, documentário premiado, é exibido na Ilha do Mel 3

Nova paixão de Lobo, a pintura

Atualmente a principal dedicação de Lobo é a pintura, trabalhando especialmente com tinta acrílica e uma técnica rápida para compor telas. “Eu não sei fazer nada melhor do que arte”, diz. Porém, o artista pretende retornar ao cenário cultural também fora da Ilha. “Depois desta reclusão que eu vivi aqui na Ilha do Mel, chegou a hora de voltar. O documentário do Busse veio como um triunfo, como um despertar para mim do momento em que estou totalmente decidido a retornar para o cenário”, conta. “Esta é a primeira e mais significativa entrevista do meu retorno”, revela.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

“Lobo”, documentário premiado, é exibido na Ilha do Mel 4

Uma das obras de Lobo

Para o seu retorno, Lobo prepara algo único, que ele afirma nunca ter sido feito ou visto, e aconselha: Aguardem! “Quero fazer um trabalho de palco e lançar um filme até o final deste inverno”, afirma Carlos.

Quem é o talentoso Carlos Trincheiras

  • Ator no papel de Dr. Antônio Granjo na minissérie “Noite Sangrenta”, apresentada pela RTP, em 2010.
  • Todo o material gráfico para a divulgação do show “Beatles by Solution Orchestra”, realizado em Abril de 2011, no Teatro Positivo, em Curitiba.
  • Criação e execução da “falsa queda” do meteorito (1º de Abril), em São Martinho do Porto/PT, com parceria da SIC Televisão.
  • Cantor durante apresentação do espetáculo de lançamento mundial da Volvo B10M, no Parque Barigui, em Curitiba.
  • Inúmeros cenários para shows musicais, concertos de ballet e ópera.
  • Ator e maquiador de efeitos especiais para cinema.
  • Diretor de arte em diversas publicidades de Portugal.
  • Diretor de arte de vídeo clipes.
  • Diversos prêmios e títulos recebidos.

 

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments