Morretes

Morador de Campo Largo morre afogado no rio, em Morretes

Por Diogo Monteiro
25/07/2022 10:43 |
Atualizado em 3 semanas atrás

Um jovem de 25 anos morreu, no último domingo (24), após se afogar na região da curva do Félix, no Rio São João, na região de Porto de Cima, em Morretes. Jackson Cardoso de Ramos era natural de Campo Largo e chegou a ser socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros (CB), mas não resistiu aos graves ferimentos.

Por volta das 13h10, os populares acionaram o CB informando que Jackson teria se afogado e estava precisando de auxílio médico. Devido a gravidade dos ferimentos, a equipe iniciou o procedimento de reanimação cardiopulmonar e, na sequência, a vítima foi encaminhada para o Pronto Socorro de Morretes.

Familiares informaram por meio das redes sociais que o velório está marcado para as 11h, no Jardim Meliane em Campo Largo.

Orientações e cuidados na água

O Tenente Malaquias, responsável pela comunicação do Corpo de Bombeiros do Litoral, em entrevista ao JB Litoral, alertou os banhistas sobre os fatores que ocasionam os incidentes na água, e um deles é deixar de utilizar os pontos monitorados por guarda-vidas nas praias paranaenses. “A maioria dos afogamentos fora de temporada são em locais sem a supervisão de guarda-vidas. Além disso, tem os atos de subestimar a capacidade de natação, que é quando a pessoa tem conhecimento de nadar em piscina ou em rios, mas no mar é diferente, por conta das condições de relevo irregular, correntes que geralmente não estão no mesmo lugar. Embriaguez e consumo de substancias que alterem a capacidade de resposta do banhista também se tornam fatores perigosos em um simples banho no rio ou mar”, destacou o Tenente.

Banhistas acompanharam e registraram, em vídeo, o atendimento no local do incidente: