Motoboy tem perna amputada e mãe pede ajuda para comprar prótese

por Maisy Pires
11/02/2021 18:25 (Última atualização: 3 semanas atrás)

Foto: divulgação

A vida do jovem Lucas Gabriel Fernandes Rocha, 21 anos, mudou completamente após um acidente na BR-277, próximo ao pátio de triagem, em Paranaguá, no dia 23 de dezembro do ano passado. Ao bater na traseira de um caminhão, ele sofreu várias fraturas na perna direita e, devido a gravidade das lesões, teve o membro amputado.

A mãe de Lucas, Rosemary Fernandes Rocha, 37 anos, disse ao JB Litoral que, na época, o rapaz trabalhava no Sindicato dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias em Geral de Paranaguá (Sindtrab), o antigo Sindicato dos Ensacadores, durante o dia, no dia do acidente, começou a trabalhar de motoboy a noite. “Após o acidente, ele teve que se afastar, mas ainda está vinculado ao sindicato e eles estão me dando todo o suporte para encostá-lo”.

Dificuldades financeiras

Rosemary conta que o filho arcava com as despesas e o salário dela, que trabalha como  cabeleireira , era apenas para manter as contas da casa. “Estou mantendo tudo. Fugiu do meu padrão, pois tenho que comprar muleta, cadeira de roda, fraldas, remédios, esparadrapos para curativos, além dos vários médicos. Pois com a pandemia, deram alta para ele poder se recuperar em casa, mas precisamos fazer exames, ressonâncias, troca de curativos”, explicou. Além do Lucas, ela tem mais dois filhos, um de 12 e outro de 18 anos.

“Caminhando com o Lucas”

A mãe ressalta que está fazendo de tudo para ver o jovem andar novamente, mas não tem condições de arcar com todos os custos sozinha. Com isso, ela criou uma vaquinha online, “caminhando com Lucas”, que tem como objetivo arrecadar dinheiro para comprar uma prótese.  “Entrei em contato com uma empresa que produz prótese, em São Paulo, pois a prótese é especial porque a amputação foi muito próxima ao tronco e para ele poder se locomover ela precisa ficar muito bem encaixada. A mais em conta que encontrei custa R$ 48 mil. Por isso, eu preciso da ajuda de todos para que possamos comprar esse material. Eu não tenho condições de arcar sozinha com todo esse custo”.

Para ajudar é só entrar no link da vaquinha “Caminhando com Lucas Gabriel”.

Com informações de Diogo Monteiro

10 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments