Movimento nas estradas dobra e preocupa Governo do Paraná e prefeituras por conta da pandemia

por Redação JB Litoral
19/12/2020 14:37 (Última atualização: 20/12/2020)

Foto/Divulgação 98


Da Redação com informações do Bem Paraná

Mesmo com o Governo do Paraná e as prefeituras das cidades praianas solicitando para que os paranaenses evitassem o Litoral do Paraná nos finais de semana e nas festas de final de ano, por causa do aumento nos índices da Covid-19 no estado nos últimos dias, a movimentação na BR-277, pista que liga Curitiba às praias, foi intensa na noite desta sexta-feira (18) e na manhã deste sábado (19). Segundo a concessionário Ecovia, que é a responsável pelo trecho, o fluxo nesta manhã foi de 1300 carros por hora, o equivalente ao dobro do movimento normal. Na noite desta sexta-feira o tráfego também foi alto.

Durante toda a semana, autoridades do Estado do Paraná e os prefeitos da região orientaram para que os paranaenses evitassem as cidades praianas pela possível falta de estrutura em um crescimento de contaminação pela Covid-19 nas cidades praianas. “Se muita gente for para o Litoral e se contaminar, fica difícial atender todo mundo”, disse o Secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto. “Não podemos ter aglomerações no litoral”, reforçou.

A Secretaria de Saúde ampliou a rede hospitalar na região mas ainda teme poder ocorrer falta de suporte. “Nada disso resolve se houver explosão ainda maior de casos de Covid-19 no Litoral”, completa o secretário.

Em recente comunicado, o governador Ratinho Junior pediu o apoio da população para evitar o aumento da contaminação. “Quem puder, fique em casa. Mais do que nunca terá de ser um verão consciente, um verão da consciência”, disse. “Precisamos do apoio e da conscientização de todos para que o sistema de saúde não entre em colapso”, argumentou o chefe do executivo estadual, como apelo.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Prefeitos estão preocupados com a temporada

Os prefeitos da região do litoral paranaense estão preocupados com a temporada de verão. Todos os eventos estão cancelados, inclusive ações esportivas, artísticas e culturais, como as tradicionais queimas de fogos na virada do ano. A preocupação é sobrecarregar o sistema de saúde dos municípios, que são assistidos nos casos mais graves pelo Hospital Regional do Litoral. “Já existe uma preocupação normal em todas as temporadas, com aumento do fluxo, com acidentes e casos habituais do crescimento de movimentação. Agora com a Covid-19 nossa preocupação está redobrada”, disse o prefeito de Guaratuba, Roberto Justus. “Adaptamos um prédio público para atendermos exclusivamente os casos de Covid. Estamos fazendo de tudo, o possível e até o que seria quase impossível. Mas a população precisa colaborar”, explica.

O Governo do Estado planejou atuação que visa preservar a saúde da população na temporada, com o Verão Consciente, que substituiu o projeto Mais Verão. A ideia é reforçar a necessidade do distanciamento social e promover medidas sanitárias que contenham a circulação do novo coronavírus. A operação foi apresentada nesta sexta-feira (18), no Palácio Iguaçu, pelos secretários Beto Preto (Saúde), Rômulo Marinho (Segurança Pública), e Helio Wirbiski (superintendente da Paraná Esporte). O programa inicia neste sábado (19) e segue até o período pós-Carnaval.

Matérias relacionadas

7 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments