Cidades

Oito pessoas ligadas ao tráfico internacional são presas em operação da Polícia Federal

Por Assessoria de Imprensa
28/01/2022 10:47 |
Atualizado em 11:26

Uma operação policial deflagrada nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (28) terminou com a prisão de oito pessoas ligadas com o tráfico internacional de drogas, em Paranaguá. De acordo com a nota divulgada pela Polícia Federal (PF) e a Receita Federal do Brasil (RFBR), a Operação Reach Stackers desarticulou grupos criminosos que atuam dentro do terminal portuário, exportando cocaína para fora do Brasil em contêineres.

Foram expedidos 8 mandados de prisão temporária e 9 mandados de busca e apreensão para cumprimento nas cidades de Paranaguá e Matinhos, além de Piraquara na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Os suspeitos responderão pelos crimes de tráfico transnacional de entorpecentes, crimes de organização criminosa e de associação para o tráfico, ao todo, as penas podem chegar a 49 anos de reclusão.

Os investigados são responsáveis por fornecer informações privilegiadas sobre posições, rotas e cargas dos contêineres para subsidiar as organizações em ações no Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), além de possibilitarem a inserção dos carregamentos da dentro do pátio. As ações criminosas ocorriam de forma dissimulada e sem o consentimento da administração da TCP, que auxiliou no desenvolvimento das investigações.

A operação foi batizada em alusão ao equipamento de mesmo nome utilizado nos terminais portuários para o deslocamento contentores. Ela é um desmembramento da Operação Enterprise, deflagrada pela Polícia Federal no dia 23 de novembro de 2020 em diversos estado do país e no exterior para combater as organizações criminosas envolvidas com o tráfico internacional de drogas.

Confira abaixo a entrevista com os delegados Sérgio Luís Stinglin de Oliveira e Eduardo Verza: