Denúncia leva Polícia Ambiental a prender suspeito de caça em Antonina

por Redação JB Litoral
30/05/2018 21:31 (Última atualização: 30/05/2018)

Através de denúncia anônima, policiais militares do Batalhão Ambiental prenderam um homem por caça ilegal e porte de arma de fogo, na tarde de terça-feira, 29, na cidade de Antonina. Durante a ação, foram apreendidas duas espingardas, munições e outros objetos.

Conforme a ocorrência, por volta das 15 horas, dois policiais militares do 3.° Pelotão da 1.ª Companhia do BPAmb FV, foram averiguar informações de que dois homens estariam na localidade conhecida como Rio Fuga, em uma área de responsabilidade da Companhia Pa­ranaense de Energia Elétrica (Usina Copel Bairro Alto), praticando a caça de animais.

Na chegada ao local informado, os militares encontraram uma trilha, no meio da mata, e, após alguns minutos de caminhada, localizaram um “trepeiro” de espera para caça e abordaram Nelson Pereira, de 43 anos, que foi flagrado portando uma espingarda calibre 28.

Ao ser indagado se estava sozinho no local, o homem teria informado que se encontrava na companhia do sogro, o qual estava nas imediações, em outra trilha. Imediatamente os militares foram até o outro local e encontraram o segundo suspeito, o qual, ao perceber a aproximação dos militares jogou no chão uma espingarda calibre 36 e fugiu por uma ribanceira. Os policiais ainda tentaram localizar o fugitivo, mas ele não foi mais localizado.

Nelson, que tem endereço no município de Morretes, acabou preso encaminhado, juntamente as espingardas, munições, facão e lanterna, à 7.ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), em Antonina, para a elaboração do flagrante.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments