Paranaguá recebe mais 450 doses da Coronavac do Estado

por Redação JB Litoral
29/01/2021 21:01 (Última atualização: 4 semanas atrás)

O Instituto Butantan informou que a Coronavac evitou completamente casos graves e moderados e teve 78% de eficácia na prevenção de quadro leve da Covid-19. Foto: Instituto Butantan/Divulgação

Na tarde desta sexta-feira, 29, o diretor da 1.ª Regional de Saúde, José Carlos de Abreu, entregou ao município de Paranaguá mais 450 doses da vacina Coronavac.

O prefeito Marcelo Roque (Podemos) acompanhou a entrega das doses na sede da Secretaria Municipal de Saúde. “É muito gratificante saber que com essa quantidade, teremos mais um avanço na imunização dos profissionais de saúde que são verdadeiros heróis nesta batalha. Paranaguá agradece o empenho do governador Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD) que não está medindo esforços para imunizar a população paranaense”, enfatiza o prefeito.

“As 450 doses serão aplicadas em continuidade à imunização dos profissionais de saúde. Sabemos da ansiedade de todos em receber a vacina e garantimos que tudo está sendo realizado com muita seriedade e responsabilidade”, afirma Lígia Regina de Campos Cordeiro, secretária municipal de Saúde.

Paranaguá recebe mais 450 doses da Coronavac do Estado 1
Marcelo Roque; José Carlos de Abreu; Ligia Cordeiro e Gianfrank Tambosetti (Foto: Prefeitura de Paranaguá)

Doses recebidas

Até o momento, Paranaguá recebeu 1.572 doses da vacina Coronavac e outras 870 doses da vacina AstraZeneca. “Já vacinamos os idosos e trabalhadores em asilos, além dos indígenas. Estamos desde o primeiro lote também vacinando os profissionais de saúde, iniciando por aqueles que tem contato mais direto com positivados e suspeitos da Covid-19 e seguindo para os demais agentes de saúde seguindo a ordem de prioridade. Conforme novas doses chegam ao município, vamos seguindo com a vacinação”, detalha Lígia Cordeiro.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Segundo a prefeitura, todos os profissionais que atuam na área da saúde têm sua importância no processo de atendimento à população e o intuito é vacinar a todos. Contudo, como as doses ainda estão chegando e não há como vacinar a todos de uma só vez. Uma ordem de aplicação foi estabelecida seguindo critérios dos Planos Nacional e Estadual de Imunização.

Conforme a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o maior número de casos da doença em profissionais de saúde é atribuído à enfermagem, seguido por médicos. Em terceira colocação estão os agentes comunitários de saúde e em quarto o setor administrativo. As informações completas sobre casos notificados e suspeitos da Covid-19 em profissionais de saúde podem ser conferidas no site da Sesa: www.saude.pr.gov.br.

Fonte: Prefeitura de Paranaguá

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments