PM apreende 22 quilos de drogas ao abordar casal no Jardim Santa Rosa

por Redação JB Litoral
21/08/2020 11:50 (Última atualização: 22/08/2020)

Policiais militares do 9º Batalhão fizeram a apreensão de mais de 22 quilos de drogas, na noite de quinta-feira, 20, na cidade de Paranaguá. Na ação foram presos Gabriel Oliveira Maia, de 18 anos, e Graziele dos Santos Costa, de 30, e ainda houve a apreensão de arma de fogo, munições, dinheiro e balanças de precisão.

Tudo começou por volta das 22h30, quando equipes das Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) e de Rádio Patrulha foram acionadas para dar apoio a policiais da Agência Local de Inteligência (ALI) do 9º BPM, os quais, após diligências, chegaram até uma casa na Rua Comandante Dídio Costa, no Jardim Santa Rosa, onde, possivelmente, estariam objetos que seriam produtos de furto.

Durante a aproximação da moradia, os militares avistaram Gabriel na área da casa e perceberam que ele estava segurando uma arma de fogo. Imediatamente foi anunciada a abordagem, mas o rapaz desobedeceu a ordem para ficar parado e correu para o interior da moradia. Os policiais foram atrás e perceberam quando o rapaz jogou a arma de fogo para dentro de um cômodo e, retornando, deitou-se no chão, dizendo “perdi, perdi, perdi” e informando que havia um revólver no quarto.

No momento da abordagem ao rapaz, os policiais ainda flagraram Graziele realizando o corte de entorpecente em uma mesa na sala. Na sequência foi realizada uma busca domiciliar, sendo, então, localizados diversos tabletes de maconha espalhados pela mesa e em mochilas e no interior de uma geladeira, totalizando 22.850 gramas do entorpecente.

Durante a ação ainda foi apreendido o revólver, marca Taurus, calibre 38, com a numeração suprimida e municiado com seis cartuchos intactos, que Gabriel teria tentado esconder, e houve a apreensão de um carregador de pistola 380 com 19 projéteis, além de mais 10 munições do mesmo calibre.

Na busca domiciliar ainda foi apreendida uma pedra de crack, a qual estava junto com um pote com a mesma substância em pó, totalizando 762 gramas. Os policiais ainda fizeram a apreensão de R$ 492 ,00 e de duas balanças de precisão, além da faca, a qual Graziele realizava o corte do entorpecente. Também foram apreendidos videogame com diversos jogos, joias, relógio e uma televisão de 43 polegadas.

Ao ser indagado sobre a origem dos objetos, Gabriel teria alegado ter comprado de um “noia” desconhecido. Com ele os policiais ainda apreenderam mais um cartucho de arma de fogo, calibre 38, que estava em seu bolso. Diante dos fatos, o casal acabou preso e foi encaminhado, juntamente com os objetos e entorpecentes apreendidos, ao plantão da Delegacia Cidadã, para a elaboração do flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

A polícia ainda averiguar se Gabriel ainda pode estar envolvido no homicídio de Ricardo Lourenço da Silva, o “Chetelba, de 29 anos, assassinado a tiros, no Porto dos Padres, na noite de domingo, 16, pois, conforme apurado pelos militares, ele teria sido reconhecido como um dos autores do crime.

PM apreende 22 quilos de drogas ao abordar casal no Jardim Santa Rosa 1
https://arquivo.jblitoral.com.br/rapaz-e-assassinado-a-tiros-dentro-de-casa-no-porto-dos-padres/

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments