Policiais militares salvam família de ataque de abelhas em ciclovia

por Redação JB Litoral
23/02/2021 14:58 (Última atualização: 3 dias atrás)

Vítimas caminhavam pela ciclovia quando foram atacadas pelos insetos

Uma mulher, um adolescente e uma criança, todos da mesma família, atacados por um enxame de abelhas, acabaram salvas por policiais militares da 1ª Companhia do 9º Batalhão (9º BPM), na tarde de domingo, 17, em Paranaguá. Os três foram levados para atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). 

Segundo o relato da equipe policial, a equipe do Coordenador de Policiamento de Unidade (CPU) do dia, composta pelo sargento Ocimar Pedro da Silva e soldado Joaquim, patrulhavam pelo bairro Emboguaçu quando viram as pessoas se debatendo próximo a um matagal, na ciclovia da Avenida Ayrton Senna da Silva.

“Quando nos deparamos com a situação, a mãe das crianças já estava em estado de choque. Tiramos as crianças primeiro e depois resgatamos a mãe. Depois do atendimento médico, foi constatado que ela sofreu mais de 80 picadas e pelo fato da equipe ter atendido de forma rápida acabamos resgatando aquela família e salvando a mãe de um choque anafilático”, disse o soldado Joaquim.

Rapidamente os militares estaduais retiraram a mulher e tentaram afastar as abelhas com o boné. Também foi socorrida uma criança de três anos, a qual estava presa no cinto da cadeirinha instalada na bicicleta da família, e um adolescente de 12 anos, ambos filhos do casal. Todos foram colocados na viatura e levados ao para atendimento médico, devido a grande quantidade de picadas que receberam.

Policiais militares salvam família de ataque de abelhas em ciclovia 2
Local onde ocorreu a situação

Ainda segundo o relato da equipe policial, a mulher teve que receber soro e a criança foi medicada. Posteriormente, os policiais militares souberam que o menino é alérgico a picadas de insetos, por isso a gravidade da situação. 

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

“Para nós é uma situação de extrema satisfação, saber que a nossa função está sendo útil para uma família que possa por dificuldade. Quando chegamos ao final do serviço e conseguimos salvar uma família, isso é muito gratificante e recompensador para nós como policiais militares que passamos por dificuldades extremas e situações que não são fáceis para se lidar”, explicou o soldado Joaquim.

Ytamara, mãe das crianças, agradeceu ao atendimento da PM. “Naquele momento os policiais militares salvaram nossa vida. Eles pararam nos socorreram e levaram na UPA e aqui quero agradecer de desejar que Deus abençoe eles”, afirmou.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments