Policiais salvam bebê de dois meses que se engasgou com leite

por Redação JB Litoral
16/11/2019 01:28 (Última atualização: 24/02/2020)

Policiais militares do 9º Batalhão salvaram um bebê, na tarde de terça-feira, 12, na cidade de Morretes. A ação ocorreu depois de uma ligação para o telefone de emergência 190, onde a solicitante pedia atendimento para seu filho, de dois meses, que havia se engasgado com o leite materno, por volta das 16h45.

Conforme as informações repassadas pelo Setor de Comunicação Social do 9º Batalhão, na ligação a mãe demonstrava muito nervosismo e não conseguia relatar aos policiais o local exato onde se encontrava, apenas conseguindo precisar o bairro Porto de Cima.

De posse dessa única informação referente ao endereço, a equipe composta pelos soldados Jhonata Jherondy Guênio e Robert Layo Pedroso, começou o deslocamento com prioridade para o referido bairro, enquanto aguardava por maiores informações sobre o endereço.

Já mais próximo do local da ocorrência, enquanto ainda se deslocavam, o motorista de um carro acenou para os policiais, que imediatamente pararam a viatura e verificaram que se tratava do pai do bebê, o qual encontrava-se com a criança no colo, a qual estava apresentando sinais de hipoxia, como membros arroxeados.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

No momento em que entrou em contato com os policiais, o pai, em ato de desespero, imediatamente entregou a criança nos braços do soldado Pedroso, que logo iniciou a manobra de Heimlich (considerada o melhor método pré-hospitalar de desobstrução das vias aéreas), tentando a reanimação por alguns minutos no local, onde veio a sair um pouco de líquido (aparentemente leite), porém a criança ainda não apresentava reação.

Diante dos fatos, os policiais entraram na viatura, juntamente com a mãe do bebê, e iniciaram o deslocamento para o hospital. Durante o trajeto, o soldado Pedroso continuou com a manobra de Heimlich, intercalando com massagem cardíaca e, após alguns minutos, a criança manifestou a primeira reação, um choro fraco, demostrando que ainda lutava por sua vida, vindo aos poucos normalizar sua coloração devido o retorno do oxigênio em seus pulmões.

Logo em seguida, a viatura chegou ao Hospital de Morretes, onde o bebê foi atendido pela equipe médica de emergência. Posteriormente, o médico plantonista veio cumprimentar a equipe policial, relatando que o pré-atendimento prestado pelos policiais foi primordial para a garantia da vida do bebê.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments