Prefeitura de Guaratuba se manifesta sobre detenção de médico da Operação Verão

por Redação JB Litoral
04/03/2019 20:13 (Última atualização: 02/03/2020)

A Prefeitura Municipal de Guaratuba esclarece as circunstâncias da detenção de médico terceirizado na tarde desta segunda-feira (4), no Pronto Socorro Municipal de Guaratuba.

O profissional não faz parte dos quadros da Secretaria Municipal de Saúde nem é contratado pelo Município. “O médico atende plantões da Operação Verão e foi contratado por empresa terceirizada que presta serviço ao Cislipa (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Litoral do Paraná)”, explica o prefeito Roberto Justus.

A direção do Pronto Socorro Municipal informa que no meio da tarde desta segunda-feira o profissional, que já estava de plantão desde a manhã, negou-se a atender uma paciente e começou a gritar que não iria mais atender ninguém até receber seu pagamento – de responsabilidade do Cislipa e da empresa terceirizada.

Como relata a direção do PS, uma pessoa que aguardava atendimento telefonou para a Polícia, que chegou prontamente. Na chegada dos policiais, o médico fez um grande tumulto. A direção do hospital tentou acalmá-lo e conseguir que ele liberasse as guias de atendimentos que ele havia retido. Diante da confusão, permitiu que ele fosse levado à Delegacia da Polícia Civil, onde o caso será esclarecido.

Representantes da empresa terceirizada Exalife e do Cislipa foram à Delegacia e, assim como o Município, acompanham o caso.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

A Prefeitura também informa que providenciou a substituição do médico e o atendimento no Pronto Socorro já está normalizado.

Veja o vídeo:

Fonte: Prefeitura Municipal de Guaratuba

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments