Cidades

Prefeitura de Paranaguá oferece 300 vagas para oficinas artísticas de instrumentos musicais, cerâmica e mais

Por Redação
21/07/2022 15:58 |
Atualizado em 4 semanas atrás

A secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Paranaguá (Secultur) abriu as inscrições para 13 oficinas culturais gratuitas. Os cursos são de violão, guitarra, baixo, teclado, bateria, piano, técnica vocal/canto, entalhe em madeira, cerâmica, capoeira, fandango, pintura e desenho.

No total, estão sendo oferecidas 355 vagas, sendo 20 para a oficina de violão, 15 para a oficina de baixo, 15 para a oficina de guitarra, 15 para a oficina de teclado, 15 para a oficina de bateria, 100 para a oficina de técnica vocal/canto, 10 para a oficina de entalhe em madeira, 20 para a oficina de cerâmica, 30 para a oficina de capoeira, 30 para a oficina de fandango, 30 para a oficina de pintura e 30 para a oficina de desenho.

De acordo com a Secultur, o intuito é oferecer as aulas de música em diversos pontos da cidade no período da manhã e da tarde. “Como a Casa de Música está em reforma e os espaços vão ser readequados para receber os alunos, a proposta foi descentralizar as aulas e leva-las para os bairros com o objetivo de que mais pessoas possam ter acesso as oficinas”, explica.

Por isso, nesse momento, a prefeitura está colhendo os cadastros da população interessada em ser um dos alunos das oficinas a fim de entender em quais regiões da cidade os interessados em participar dos cursos residem. Conforme as informações obtidas no cadastro, as aulas serão ofertadas em certas localidades.

As inscrições podem ser feitas no banner “Oficinas – Inscrições Abertas” no site da prefeitura de Paranaguá. Os alunos poderão se cadastrar em até três oficinas de música, desde que não haja conflito de horário entre elas.

“A retomada dessas oficinas de forma presencial, depois de dois anos e meio, é um marco na gestão, e são totalmente gratuitas nas áreas de musicalização, canto, artesanato, cultura popular, pintura e desenho, para crianças, jovens e adultos”, explica Maria Plahtyn, secretária de Cultura e Turismo.

Com informações da prefeitura de Paranaguá