Prefeitura e Cagepar desmentem prefeitos de Guaraqueçaba e não confirmam ajuda

ÁGUA NA ILHA DAS PEÇAS

por Redação JB Litoral
08/10/2017 20:21 (Última atualização: 08/10/2017)

Encerrada mais uma polêmica que pode resultar em investigação pelo Ministério Público do Paraná das cidades de Paranaguá e Antonina, que foi a ajuda para o abastecimento de água potável para a Ilha das Peças, na cidade de Guaraqueçaba, feita durante o período eleitoral, por meio da doação de material da Central de Água, Esgoto e Serviços Concedidos do Litoral do Paraná (CAGEPAR).

Para ter a versão oficial por parte dos envolvidos, após as diferentes afirmações repassadas pelos Prefeitos Abelardo Sarubbi PTB) e Hayssan Colombes Zahoui (PMDB), o “Ariad Júnior”, a reportagem protocolou pedido de informação ao Prefeito Marcelo Elias Roque (PODEMOS) e à CAGEPAR.

A princípio a prefeitura municipal não respondeu nenhum dos questionamentos realizados pelo Jornal dos Bairros, porém, após o protocolo, o Controlador Geral do Município, Raul da Gama e Silva Lück, repassou as perguntas para o Diretor Operacional da Empresa Paranaguá Saneamento, Antônio Hercules Neto, que na época do fato ainda não respondia pela concessão de água e esgoto na cidade, e este foi taxativo ao afirmar que desconhece qualquer tipo de ajuda em favor do Município de Guaraqueçaba.

Da mesma forma, o Diretor Geral da Cagepar e o Diretor de Fiscalização, Paulo Sergio Guedes e Luciano Cézar Dias Salmon, respectivamente, afirmaram que não houve nenhuma “ajuda” para a cidade e, consequentemente, para a Ilha das Peças.

 

Abelardo e Ariad Junior confirmam ajuda

Entretanto, durante uma sessão da Câmara Municipal, o Vereador Gustavo Xavier (PMDB), que é da Ilha das Peças, informou ter conversado com o Prefeito Ariad Junior, o qual confirmou que a ajuda realmente aconteceu, mas não teria sido por parte da CAB – Aguas de Paranaguá e sim pela própria CAGEPAR, que deu suporte técnico e não peças para viabilizar água para a comunidade.

Na mesma sessão, o presidente do Legislativo, entrou no debate e desmentiu o Vereador Gustavo, confirmando que a ajuda ocorrida foi por meio da doação pela CAGEPAR de três “T” – peça para serviço de encanamento – usados para emendar canos fornecidos pela Sanepar. Na oportunidade, o presidente criticou a atitude de Alcendino Ferreira Barbosa (PSDB), o Thuca da Saúde, o qual aprovou requerimento cobrando esclarecimentos sobre o assunto e o JB pela situação divulgada. “Querem fazer de uma gota d’água, uma tempestade. Se for para fazer de novo, eu faria e pegaria emprestado um cano. A maneira qual fosse preciso nós iríamos fazer. Se eu cometer um deslize é para o bem da comunidade”, disse Abelardo Sarubbi na época.

 

LEIA TAMBÉM:

Marcelo Roque não responde e Abelardo Sarubbi diz que ajuda foi da CAGEPAR

 

 

 

 

 

 

 

 

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments