Rapaz é preso por tráfico de drogas na Vila Alboit

por Redação JB Litoral
15/11/2018 00:00 (Última atualização: 15/11/2018)

Rapaz é preso por tráfico de drogas na Vila Alboit 2

 

Pedro Henrique Luciano dos Santos, de 23 anos, foi preso pela Guarda Civil Municipal na noite de quarta-feira, 14, acusado de comercializar drogas na Rua Xavier da Silva, Vila Alboit, em Paranaguá. Na ação, os agentes da GCM apreenderam 358 gramas de maconha e 344 gramas de cocaína, além de dinheiro miúdo.

Tudo começou por volta das 21h30, quando equipes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e Rádio Patrulha da GCM, em deslocamento pelo bairro, flagraram Pedro e outro rapaz de 17 anos, em frente um beco, denunciado pela comunidade como ponto de comércio de entorpecentes.

Os agentes perceberam quando o suspeito passou algo ao para o menor, o qual, ao avistar as viaturas se aproximando, arremessou ao chão o que havia recebido. De imediato foi feita a abordagem e Pedro tentou fugir para uma casa que estava com o portão e porta abertos, mas foi abordado antes de entrar na moradia.

Na abordagem, os guardas civis perceberam que havia drogas e, nas buscas, encontrara, em cima de uma mesa, um pote contendo as porções de maconha e cocaína que foram apreendidas. No local ainda foi encontrada uma balança de precisão e R$ 102,00.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Ao ser verificado o que o menor havia dispensado, os agentes constataram ser uma bucha de maconha. No local, Pedro teria admitido a propriedade de todo o entorpecente e, ao ser preso, um irmão dele apareceu, bastante alterado, e tentou atrapalha dos GCM’s e acabou detido por desacato.

Conduzido à 1.ª Subdivisão Policial de Paranaguá, junto com tudo que foi apreendido, Pedro foi autuado pelo tráfico de drogas e ficou recolhido no setor de carceragem local à disposição da Justiça, enquanto o seu irmão irá responder Termo Circunstanciado que será encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim) de Paranaguá.

O adolescente foi ouvido em Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) por ato infracional, e, em seguida, liberado à sua mãe.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments