Destaques

Em Paranaguá, rapaz que foi visto pela última vez em festa é encontrado morto em matagal

Por Redação
05/08/2022 21:31 |
Atualizado em 1 semana atrás
Em Paranaguá, rapaz que foi visto pela última vez em festa é encontrado morto em matagal, JB Litoral - Notícias de Paranaguá, Guaratuba, Morretes, Guaraqueçaba e litoral do Paraná

Na tarde desta sexta-feira, 5, o corpo de um rapaz de 21 anos, o qual estava desaparecido desde a madrugada, foi encontrado em uma região de mata no bairro Embocuí, na cidade de Paranaguá. A vítima foi identificada como Diezer Marcel Correia Del Corso (foto), que tinha passagem pela polícia.

De acordo com a ocorrência, por volta das 16h45, policiais militares do 9º Batalhão foram acionados pela Central de Operações (Copom) para averiguar uma situação de achado de cadáver. As informações iniciais apontavam para o antigo Lixão, onde foram feitas as primeiras buscas, mas sem êxito.

Durante a procura, os militares receberam novas informações, indicando que uma equipe do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária tinha sido abordada por familiares de Diezer, os quais indicaram o local onde estaria o corpo.

Em seguida, os militares se deslocaram até uma região de mata na Estrada do Embocuí e localizaram o corpo do rapaz, o qual estava parcialmente carbonizado e com várias lesões na região da cabeça.

De imediato os policiais fizeram o isolamento do local e foi acionada a Polícia Científica para a perícia criminal. Uma equipe da Polícia Civil também esteve no local, onde parentes do rapaz confirmaram a identidade dele.  Posteriormente o corpo foi recolhido pelo IML de Paranaguá.

Informações colhidas no local do achado, dão conta que Diezer tinha sido visto pela última vez quando estava em uma festa na Vila Santa Maria, na companhia de amigos e da namorada. A suspeita é que ele teria sido assassinado durante a madrugada e o corpo desovado no local onde foi encontrado.

Segundo o que foi apurado pela polícia, Diezer já tinha sido preso por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas e era investigado por participação em crimes de homicídio.

Com a morte do rapaz, 37 assassinatos já ocorreram em Paranaguá em 2022. Em todo o litoral, 66 pessoas foram vítimas de homicídio neste ano.