Réveillon reuniu mais de 1 milhão de pessoas no Litoral do Paraná

por Redação JB Litoral
02/01/2021 16:02 (Última atualização: 02/01/2021)

Orla de Caiobá (Foto: divulgação/Bem Paraná)

Com um incremento de 30% a mais de policiais militares para a segurança do Réveillon 2021, a Polícia Militar (PM) aplicou o reforço nos sete municípios do Litoral do estado para proteger os 1,1 milhão de pessoas que estiveram nas praias.  

Do dia 31 de dezembro até às 7 horas do dia 1º de janeiro, a PM recebeu 131 chamadas pelo 190 sobre perturbação do sossego (44 em Matinhos, 42 em Guaratuba e 45 em Pontal do Paraná), atendeu 208 ocorrências gerais, lavrou 39 Termos Circunstanciados gerais e encaminhou 22 pessoas por situações diversas. No Litoral foram feitas 476 orientações, entre gerais e relacionadas às medidas sanitárias, somente no período da virada. 

“Percebemos uma diminuição grande no número de pessoas no Litoral e acreditamos que seja fruto da conscientização de muitas famílias que estão entendendo o momento de alerta em que vivemos e estão sacrificando-se agora para poderem ter outros Réveillons felizes”, avaliou o Comandante do 6º Comando Regional da PM (6º CRPM) e Coordenador operacional pela PM do Verão Consciente 2020/2021, coronel Rui Noé Barroso Torres. 

Réveillon reuniu mais de 1 milhão de pessoas no Litoral do Paraná 2
Foto: PMPR

O Comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), tenente-coronel Renato Luiz Rodrigues Júnior, explicou que o policiamento foi diferente devido as novas circunstâncias da pandemia e o comportamento das pessoas. “Montamos um esquema diferenciado. Tivemos várias viaturas distribuídas e contamos ainda com a aplicação da Plataforma de Observação Elevada, com câmeras de segurança. Neste ano, percebemos que o público foi menor comparado aos últimos, um impacto causado pela pandemia do coronavírus e pela colaboração das pessoas em não ter vindo à orla, pois realmente estamos em um momento delicado”, explicou. 

Último dia do ano 

Considerando somente o dia 31 de dezembro, das 00h até 23h59, houve redução de crimes e aumento na atividade dos policiais militares. O comparativo com o mesmo dia de 2019 aponta que os casos de violência doméstica caíram mais que a metade (de 11 reduziu para 5), e os furtos reduziram 88% (de 42 para apenas 5). A perturbação de sossego também teve queda: de 14 casos diminuiu para 9 no período analisado, ou seja, -35,7%. Quanto aos roubos houve estabilidade e foi registrado somente um caso no último dia 31, assim como na mesma data do ano anterior. 

O total de ocorrências também foi menor neste Réveillon, com 186 situações contra 292 no mesmo período do ano passado, uma redução de 36,3%. A atuação dos policiais militares neste Réveillon possibilitou aumento de abordagens (+19,5%), de 441 foi para 527 neste dia 31, de flagrantes de uso de drogas (+54,5%) e de tráfico de drogas (+25%). O número de encaminhamentos (15), de mandados de prisão cumpridos (02) e de prisões por embriaguez (01) foi o mesmo nas duas datas comparadas. 

Primeiras horas do dia 1º 

O balanço da Polícia Militar do início deste dia 1º até às 7 horas, somente de perturbação de sossego de 72 chamadas ao 190 sobre perturbação do sossego, sendo 24 na cidade de Matinhos, 23 em Guaratuba e 25 em Pontal do Paraná. Deste total, duas ocorrências tiveram encaminhamento e lavratura de Termo Circunstanciado (uma em Guaratuba e outra em Matinhos) e uma coube orientação. 

No geral, a PM atendeu 22 ocorrências com ilicitude atendidas. Deste total, cinco casos foram de lesão corporal, seis de ameaça, três de perturbação do sossego, três casos de uso de drogas, uma ocorrência de rixa, uma de disparo de arma de fogo e outra de furto qualificado. 

Nas primeiras horas, a PM lavrou sete Termos Circunstanciados de infração penal diversas nos três municípios com praia. Além disso, os policiais militares fizeram 476 orientações gerais e sobre as medidas sanitárias, lavraram 14 autos de infração de trânsito e entregaram 201 pulseirinhas de identificação. 

Rodovias  

As equipes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), inclusive com cães de faro, atuaram em todas as rodovias estaduais no Ano Novo. Os policiais fizeram testes de etilômetro (bafômetro), bloqueios em locais pré-definidos, atividades rotineiras de verificação de documentação e lavratura de infrações de trânsito rodoviário, além de utilizarem radares móveis para o controle de velocidade e outras ações preventivas. Neste dia 31, houve 15 acidentes de trânsito, 16 pessoas feridas e nenhum óbito nas rodovias que cortam o Litoral. 

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments