Rio Branco perde a primeira no Paranaense por 3 a 2 contra o Operário de Ponta Grossa

por Redação JB Litoral
27/01/2020 17:52 (Última atualização: 28/02/2020)

(Foto: José Tramontin / OFEC)

Depois de suportar a pressão do ataque do Operário FC de Ponta Grossa no primeiro tempo, aos 5 minutos da segunda etapa, o atacante Douglas Coutinho abriu o caminho que fez o Rio Branco SC conhecer sua primeira derrota no Campeonato Paranaense.

Os dois times usaram o mesmo esquema tático (4-4-2) e jogando na Arena Desportiva Germano Krüger, embalados pela torcida. O Fantasma compensou a derrota fora de casa para o FC Cascavel, foi mais agressivo e competente no gramado em todo o 2º tempo.  

Vindo de dois empates e uma polêmica após o jogo contra o Paraná Clube, o Leão da Estradinha, ainda tentou reverter o placar e depois de estar perdendo por 3 a 1, chegou ao segundo gol, aos 38 minutos do tempo final, com Bruno Andrade estufando as redes, após receber na área, dominar e encostar no placar.

A defesa do time parnanguara não esteve numa boa tarde, pois permitiu que o Operário fizesse dois gols em cinco minutos. Aos 15 minutos, Tomas Bastos recebeu uma bola lançada na área e ninguém da zaga foi nela, deixando o camisa 10 livre para marcar. Aos 19 minutos foi a vez de Douglas Coutinho se aproveitar de uma confusão total da defesa do Rio Branco e mandar a bola para o gol vazio. O goleiro Dalton havia saído para evitar a finalização.

Com o resultado, o time da Estradinha permanece com dois pontos, enquanto que o Operário saltou para cinco na tabela de classificação.

Nesta semana o Leão recebe o Cascavel no Nelson Medrado Dias, na quarta-feira (29), e o Fantasma enfrenta o Coritiba FC no Alto da Glória, no mesmo dia.

O jogo que marcaria a estreia da nova iluminação foi antecipado para às 16 horas, porque a Federação Paranaense de Futebol (FPF) reprovou os refletores na vistoria feita na semana passada.

FICHA TÉCNICA

Operário FC 3 x 2 Rio Branco SC

Estádio Germano Krugger

Arbitragem

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Eduardo Elias Melek (árbitro); Eduardo Luis Teixeira Furiatti e João Cleber Cecatto Wagner (assistentes); e Rodrigo Posser Borges (4º árbitro)

Gols

Douglas Coutinho (Operário) 5 minutos.

Douglas (Rio Branco) 13 minutos.

Tomas Bastos (Operário) 15 minutos.

Douglas Coutinho (Operário) 19 minutos.

Bruno Andrade (Rio Branco) 38 minutos.

Operário FC jogou com André Luiz; Sávio, Douglas Nascimento, Sosa e Danilo; Jardel, Régis Potiguar, Tomas Bastos (Alemão), Douglas Coutinho e Eduardo (Cleyton); Schumacher (Jefinho). Técnico Gerson Gusmão.

Rio Branco jogou com Dalton; Lito, Salazar, Renato Oliveira (Daniel) e Higor; Paulo Henrique (Douglas), Artur, Filipe Santos (Willian), Felipe Nunes e Vinicius Balotteli; Bruno Andrade. Técnico Tcheco.

""

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments