Política

Roseli Isidoro reúne com lideranças femininas visando campanha do PT

Por Redação JB Litoral
26/06/2014 00:00 |
Atualizado em 00:00

Encerrado o 3º Encontro Regional de Formação para Dirigentes, realizado pelo Diretório Municipal do PT de Paranaguá, juntamente com os diretórios dos demais municípios do litoral, a Secretária de Mulheres de Curitiba, Roseli Isidoro, às 14 horas, reuniu-se com um grupo de formadoras de opinião na sede social do Sindicato dos Consertadores de Paranaguá.   

Acompanhada de Vanda Santana do Coletivo de Formação Política do Diretório Estadual do PT, militantes do partido de diversas cidades do litoral, a Secretária da Mulher falou do objetivo de formar um grupo suprapartidário de mulheres para atuar nas campanhas majoritárias da pré-candidata ao governo do Estado, a senadora Gleisi Hoffmann e da presidente Dilma Rousseff.   

Presente ao encontro, a vereadora petista de Morretes, Flávia Rebello Miranda, aprovou a iniciativa e defendeu a realização de um trabalho mais efetivo e mais próximo do litoral da senadora durante a campanha. Flávia disse que é preciso dizer aos eleitores, que a Gleisi não é e nunca foi “boneca Barbie do Paraná” e também que não é inatingível. “Gleisi é a produtora artesanal, é a pescadora do litoral, é a empresária, a produtora rural, a agricultora, a médica, a professora e todas as mulheres representadas no governo”, defendeu a vereadora.   

Roseli Isidoro reforçou as palavras da vereadora, destacando que Gleisi foi eleita senadora, em 2010, com mais de três milhões de votos, saiu do senado e foi para Casa Civil, onde se tornou a segunda mulher mais importante do país e por isso é uma mulher que representa muito bem todas as mulheres do Paraná e do país. Mesmo assim, ela acredita que esta será uma das eleições mais difíceis que o PT já enfrentou até hoje.

A jovem empresária, proprietária do JB, Jéssica Ketyscia Fernandes, é preciso focar com mais intensidade, na divulgação das ações do Governo Federal nas cidades do litoral, pois entende que muitas pessoas não te conhecimento e acabam acreditando ser ações do Governo do Estado e prefeitura. Pois quando se trata de ações do Governo Federal que é algo muito expansivo, uma vez que ele tem atuado nas sete cidades do litoral e, sozinho, os governos, estadual como municipal não têm recursos suficiente para ampliação e desenvolvimento que, hoje, o BNDS, através do PAC, vem assegurando ao estado e país. Ela citou, por exemplo, as casas aos desabrigados na cidade de Antonina, onde o governador Beto Richa, fez a entrega e sequer citou que os recursos vieram do Ministério das Cidades.  

Antes do encerramento do encontro,  Rozane Osaki, esposa do vereador antoninense Antonio Yukiyoshi Osaki, o Tiba do DEM, entregou para Roseli Isidoro, uma cesta com produtos da Associação de Pequenos Produtores Rurais e Artesanais de Antonina (Aspran).  

A secretária Roseli gostou da integração e interesse das mulheres e disse que estudará um novo encontro com as mulheres na cidade, desta vez, com a presença da senadora Gleisi no próximo mês.