Rotam prende rapaz por tráfico de drogas durante abordagem de rotina

por Redação JB Litoral
02/01/2019 00:00 (Última atualização: 02/01/2019)

Um rapaz de 20 anos foi preso pela Polícia Militar, no último domingo, 30, acusado de envolvimento com o tráfico de drogas na cidade de Paranaguá. A ação ocorreu no Jardim Esperança, durante uma abordagem de rotina, e resultou na apreensão de porções de maconha e cocaína.

Conforme a ocorrência, por volta das 22 horas, uma equipe da Rotam (Rondas Ostensivas Tático Móvel), estava em patrulhamento pela Rua dos Flamingos, quando avistou Elizio Renato Iurk Rosário Júnior, o qual, ao perceber a viatura se aproximando, foi apressadamente em direção de uma residência, levantando suspeitas.

Imediatamente os policiais fizeram o acompanhamento a pé e conseguiram abordar o rapaz no quintal da casa. Com o suspeito não foi encontrado nada de ilícito, mas os policiais sentiram cheiro de maconha na moradia, que Elizio não soube explicar. Na sequência, a namorada do rapaz, uma garota de 14 anos, que estava casa, apareceu aparentando estar bastante nervosa.

Os policiais perceberam, então, pela janela, que havia uma sacola suspeita e uma faca com vestígio de maconha dentro da residência e resolveram fazer a busca domiciliar. Ao ser verificado o que havia na sacola, os militares encontraram sete pedaços de maconha embalados para a comercialização, totalizando 13,6 gramas.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Nas buscas ainda foram apreendidas cinco buchas de cocaína, que estavam em um carteira de documentos feminina, e uma garrafa plástica contendo um solvente inalante, conhecido como "loló".  Durante as diligências, ainda foi localizada, na residência, uma lâmina de barbear e um rolo de plástico filme, que seriam usados para fracionar e embalar o entorpecente.

Elizio e a adolescente acabaram encaminhados até a 1ª Subdivisão Policial de Paranaguá junto com tudo que foi apreendido, sendo o rapaz autuado pelos crimes de tráfico de drogas e corrupção de menores, ficando recolhido no setor de carceragem local à disposição da Justiça. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar a menor.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments