Cidades

Secretaria de Educação de Guaratuba afirma que entregará uniformes escolares no 2º semestre

Por Redação
07/07/2022 20:02 |
Atualizado em 13:32

As aulas presenciais da rede municipal de ensino de Guaratuba começaram no dia 18 de fevereiro de 2021, após quase um ano suspensas por conta da pandemia de coronavírus. Diferentemente do que ocorria anualmente, naquele período, a prefeitura não conseguiu entregar os uniformes escolares aos alunos.

Mais de um ano e meio depois do retorno presencial, eles ainda não foram entregues aos estudantes e professores da rede. O motivo, de acordo com a secretária municipal de Educação, Fernanda Monteiro, também foi a pandemia.

Fizemos a abertura do processo licitatório já em setembro do ano passado, mas devido à pandemia, não só Guaratuba, mas muitas cidades sofreram com a ausência de matéria prima, além das intercorrências comuns dentro de um procedimento de licitação, como prazos de impugnação, recursos etc.”, explica.

Kits de uniforme completo


O Portal da Transparência da prefeitura de Guaratuba mostra que o procedimento de licitação nº 24/2022, para aquisição de uniforme escolar completo para os alunos e professores da rede municipal de ensino, foi publicado em 18 de março deste ano, com abertura em 5 de abril. Os vencedores do processo foram as empresas WPPT Confecções e Vestisul Indústria e Comércio, pelo valor de R$ 1.801.156,00 (um milhão e oitocentos e um mil e cento e cinquenta e seis reais), e ambos os contratos foram assinados em 11 de maio.

Nosso processo já está finalizado, os uniformes já estão em execução e serão entregues para o segundo semestre. Foi um incidente que a gente não esperava. Temos um panorama de analogia que a própria rede particular de Guaratuba só entregou os uniformes há cerca de dois meses”, comenta Fernanda.

O contrato com a Vestisul prevê a entrega de 16 mil unidades de camisetas manga curta; 8 mil unidades de calças; 8 mil unidades de jaquetas; 4 mil unidades de bermudas; 4 mil unidades de shorts saias e 8 mil unidades de camiseta manga longa. Essas vestimentas são para os alunos.

Já para os professores, a empresa deve entregar 1160 camisetas manga curta; 580 calças; 580 jaquetas; 580 bermudas e 580 jalecos. O valor total do contrato com a Vestisul é de R$ 1.740.676,00 (um milhão e setecentos e quarenta mil e seiscentos e setenta e seis reais).

Já a empresa WPPT Confecções deve entregar 16 mil pares de meia pelo valor unitário de R$ 3,78, totalizando R$ 60.480,00.

Os uniformes dos alunos serão entregues em kits, sendo masculinos e femininos. No kit masculino, estão incluídas duas camisetas manga curta, 1 calça, 1 jaqueta, 1 bermuda e 1 camiseta manga longa. No feminino são 2 camisetas manga curta, 1 calça, 1 jaqueta; 1 shorts saia e 1 camiseta manga longa. Além de 2 pares de meia para cada kit.

Os professores também receberão um kit, composto por 2 camisetas manga curta, 1 bermuda, 1 calça, 1 jaqueta e 1 jaleco.

Educação atendeu aos alunos carentes


Como os uniformes não foram entregues ao longo do ano passado e tampouco neste ano, Fernanda explica que a secretaria de Educação utilizou o saldo residual para atender às crianças em maior situação de vulnerabilidade social. “Com o saldo, atendemos aquelas que eram mais carentes. Mas muitas não tinham utilizado devido à pandemia e conseguiram utilizar aquele que havia sido entregue no exercício anterior”, comenta.

Além disso, ela explica que todas as professoras estão cientes de que alunos que se encontram em situação de vulnerabilidade maior, a secretaria dará suporte e os novos uniformes serão entregues no próximo semestre.