Sem pediatras, prefeitura desconhece plantão médico no UPA em Paranaguá

por Redação JB Litoral
08/01/2019 15:16 (Última atualização: 08/01/2019)

Plantão médico divide horário no UPA, diz setor de Triagem. Foto: Agora Litoral

Na semana passada, a demora no atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dona Baduca, resultou em reclamações nas redes sociais e, com isso, a Prefeitura de Paranaguá divulgou a classificação de risco para atendimento de pacientes, implantada em 2018 para agilizar casos que envolvam maior gravidade.

Em duas situações, pacientes afirmaram ter havido demora no atendimento e, numa delas, houve agressão verbal à equipe que prestava o atendimento, segundo a Secretaria Municipal de Saúde e até mesmo para um guarda municipal que fazia a segurança do local. Isso motivou os servidores pedirem reforço da Ronda Ostensiva Móvel (ROMU), da Guarda Municipal, e da Polícia Militar.

Na divulgação foi informado que seis médicos estão escalados para o plantão que começa às 7h da manhã e segue até 7h, em dois turnos de 12 horas ininterruptas.

Entretanto, na segunda-feira, (07), às 14h30min horas, a mãe de uma criança de nove anos a levou até a UPA por conta de fortes dores no ouvido e ouviu da atendente que não havia nenhum pediatra prestando atendimento, apenas quatro médicos clínicos geral.

Questionada sobre o cartaz informando a escalda semanal dos médicos de plantão, equipe de enfermagem e funcionários, conforme determina a Lei Promulgada 542/2018, do vereador Adriano Ramos (PHS), a servidora disse não existir a muito tempo.

Vale destacar que a mesma mãe, levou seu filho com febre e dores de cabeça na semana passada, no período noturno e também não havia pediatra de plantão, apenas um único médico fazendo o atendimento.

Prefeitura desconhece atendimento nos plantões

A reportagem do JB Litoral, após tomar conhecimento deste fato, enviou questionamentos para prefeitura, sobre quantos e quais especialistas estavam no plantão de atendimento das 07 às 19 horas da segunda-feira e os das 19 às 7 horas e se a lista de médicos do plantão estava exposta na área de atendimento para conhecimento dos usuários.

A secretaria de Comunicação Social (Secom) respondeu as perguntas informando que havia sete médicos Clínico Geral e três pediatras no primeiro período de 12 horas, inclusive no momento que a mãe esteve com sua filha na UPA. Informação que não correspondeu com que informou o atendimento. Disse ainda que estariam plantão no período noturno, novamente, sete médicos Clínico Geral e dois pediatras.

Dos 11 médicos, apenas dois no plantão na madrugada

A reportagem retornou ao UPA na madrugada de terça-feira (08), no período noturno que começou às 19 horas, com a mesma mãe que tentou atendimento pediátrico para seu filho de quatro anos. Porém foi constatado que, segundo o atendimento não havia nenhum pediatra, inclusive os dois que estavam escalados no plantão, Marçal Mello e Patrícia Mates, segundo a Secom.

No setor Triagem, a atendente confirmou a ausência dos pediatras e informou que, dos 11 médicos do plantão, estavam apenas dois.

Ela explicou a ausência dos médicos escalados no plantão, alegando que, na madrugada, eles dividem o horário.

Questionada sobre os dois pediatras que deveriam estar no plantão, a atendente explicou expondo uma grave situação, ao afirmar que nenhum dos dois seriam pediatras e sim clínicos gerais para atender crianças. “Eles colocam pediatras, mas eles não têm formação de pediatra”, informou.

A reportagem não encontrou nenhum dos dois médicos no Portal da Transparência da prefeitura, entretanto, uma busca no Google acenou para veracidade da informação do setor de triagem e ambos não possuem formação de pediatria, apesar de a escala enviada pela Secom constar essa área da medicina.

Médicos que deveriam estar no plantão

Esta é a relação dos médicos repassados da escala de segunda-feira (07) pela Secom.

Diurno UPA 07/01 – 07:00/19:00

Clínico geral

Sônia Gonzales

Priscila Serra

Bruno Tavares

Juliana Cukier

Cristian Feronato

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Fátima Takiguchi

Gustavo Condon

Pediatria

Marcio Mendes

Donizete Júnior

Yiramis Bárbara

Valadares: Clínico

Paulo Coelho

Noturno UPA 07/01 – 19:00/07:00

Clínico geral

Bruno Tavares

Cristian Feronato

Juliana Cukier

Marcelo Cassiano

Priscila Serra

Magaly Canceco

Gustavo Condon

Pediatria – Noturno

Marçal Mello

Patrícia Mates

Valadares:

Paulo Coelho

Matheus Jungres

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments