Sem receber, produtores de leite do PR suspendem entregas ao governo

Produtores fornecem leite ao programa Leite das Crianças, do estado. Governo estadual deve R$ 6,5 mi referentes ao leite entregue em novembro.

por Redação JB Litoral
08/03/2015 11:18 (Última atualização: 08/03/2015)

NULL

A falta de pagamento fez com que os produtores de leite que fornecem o produto ao programa “Leite das Crianças”, do governo estadual, suspendessem a entrega de leite ao Paraná. Os produtores reclamam de não terem recebido os pagamentos referentes ao mês de novembro de 2013, o que tem causado prejuízos. Em Porto Vitória, na região Sul do Paraná, são 40 produtores que repassavam, por mês, cerca de 300 mil litros de leite ao programa.

O programa “Leite das Crianças” entrega, diariamente, um litro de leite para famílias carentes de todo o estado, que tenham crianças de seis meses a três anos. Além disso, mais de 6.300 produtores de leite participam do projeto no Paraná.
O produtor Paulo Nielsen revelou que foi necessário fazer um empréstimo para pagar as contas do mês. Ele alega que deveria receber no governo estadual R$ 158 mil referentes aos três mil litros que entregou ao programa “Leite das Crianças” em novembro. Nielsen revela ainda que a quantidade de leite entregue o governo foi quase toda a produção da fazenda durante todo o mês. “Nós temos os nossos compromissos para serem pagos e tivemos que recorrer a empréstimos bancários para efetuá-los”, disse.

O produtor de leite, Matias Meinerzt, entregava todo o leite que produz para o governo e afirma também estar com o pagamento atrasado. “As contas estão vencendo, está voltando o cheque, só por falta de pagamento do governo do estado. Não tenho vergonha de falar. Estou devendo para todo mundo”, revelou.
Ernesto Freyhardt tem 105 cabeças de gado em ordenha na propriedade. Ele afirma estar sem dinheiro para investir na produção. Freyhardt já começou a contabilizar os prejuízos, que devem aumentar, caso o governo não faça o pagamento até o final de janeiro.“Se eles não pagarem, provavelmente, vai ficar pior do que está. Vão acabar cortando a energia elétrica e vai acabar parando com a produção”, afirmou o produtor.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

O governo do estado diz que, dos R$ 6,5 milhões referentes ao leite entregue em novembro, metade já foi depositada. A outra metade deve ser paga até a sexta-feira (10). A Secretaria do Trabalho, Emprego e Economia Solidária do Paraná informou que o pagamento aos produtores do estado foi feito em dia até o mês de setembro e que o atraso nos últimos repasses ocorreram por questões burocráticas, durante o processamento de notas fiscais.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments