Covid-19

Semana começa com novos grupos convocados para a vacinação contra a gripe

Por Redação
01/05/2022 11:08 |
Atualizado em 11:19

Abril foi um mês dedicado à vacinação de idosos, tanto para um novo reforço contra a covid-19 quanto para a imunização anual contra a Influenza.

Em maio, novos grupos passam a ser convocados para tomar a dose única contra o vírus respiratório. A grande novidade é que nas doses distribuídas em 2022 já há anticorpos contra a gripe H3N2, que acometeu milhares de pessoas nas festas de fim de ano.

Os novos grupos convocados, por orientação do Ministério da Saúde (MS) e Secretaria de Estado da Saúde (SESA) são:

  • Crianças de 6 meses até 5 anos de idade;
  • Gestantes e puérperas;
  • Povos indígenas;
  • Professores;
  • Pessoas com comorbidades;
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Forças de segurança e salvamento;
  • Forças armadas;
  • Caminhoneiros;
  • Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;
  • Trabalhadores portuários;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; e
  • População privada de liberdade.

De acordo com o governo estadual, o público estimado para a dose da Influenza é de 4,3 milhões de pessoas, com meta de 90% de cobertura vacinal. Foram aplicadas, até agora, 633.896 doses.

O nosso esforço para aumentar o índice de pessoas vacinadas é diário, as 22 Regionais de Saúde estão preparadas para dar todo o suporte necessário aos municípios, para que possam articular suas estratégias e alcançar o maior número de pessoas. Precisamos aumentar a cobertura vacinal no Estado do Paraná, este é o desafio”, enfatiza o secretário César Neves.

A Influenza é uma infecção respiratória aguda e os sintomas mais comuns são: aparecimento súbito de calafrios, mal-estar, coriza, tosse seca e dores de cabeça, de garganta e no corpo. Em 2021, de modo geral, todos os estados apresentaram uma baixa adesão dos grupos alvos à campanha, situação provavelmente relacionada com a aplicação simultânea da vacina contra a Covid-19.

No último sábado (30) ocorreu o Dia D da vacinação contra Sarampo e Influenza, na tentativa de aumentar a cobertura vacinal e também encerrar de vez as atividades prestadas ao público específico durante todo o mês de abril.