Vereadores gastam 236 em cursos, visitas e reuniões com deputados em Curitiba

Com Portal em desacordo com a legislação e sem acesso a detalhes como itinerários e motivação, JB recorreu à Lei de Acesso à Informação para saber os gastos das 236 diárias dos vereadores

por Redação JB Litoral
01/07/2017 23:08 (Última atualização: 01/07/2017)

A vilã das urnas para a maioria dos vereadores não reeleitos, usada Intensamente, de forma negativa por candidatos que se tornaram vereadores, contra os que exerciam o mandato na gestão anterior,

a série Diárias do Ypiranga, resultaram novamente em polêmica pela divulgação da expressiva quantidade usada pela atual legislatura, no mesmo período das reportagens lançadas em 2013.

Após mostrar que os vereadores atuais superaram a legislatura anterior, em número e gasto com diárias; fazendo 236 diárias, de janeiro a maio, deste ano, totalizando R$ 58.750,00, o JB recorreu a Lei de Acesso a Informação, 12.527/2011 para poder acessar maiores detalhes destas viagens, uma vez que estas estavam impossibilitadas de acesso no Portal de Transparência do Palácio Ypiranga.

Na semana passada, a Câmara respondeu aos questionamentos feitos pelo Jornal que pôde constatar que a maioria das viagens se deu para realização de cursos de capacitação, encontros, visitas e reuniões com deputados estaduais de suas bases políticas, tendo como foco a busca por melhorias para cidade, segundo o documento. Todas elas foram feitas com viagens para Curitiba, que paga um valor de R$ 250,00 por diária, conforme Lei Municipal 14/2005. Todavia, existe a informação extraoficial que os atuais valores sofrerão aumento neste ano.  

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Observa-se, porém, que nas reuniões com parlamentares na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), os vereadores têm usado as diárias em comitiva, como ocorreu na visita ao deputado Adelino Ribeiro (PSL), onde Celso Pinheiro (PSB), José Alves de Souza (DEM), Valmir José de Godoi (PSL) e Romário da Cruz Silva (PSL) foram buscar apoio junto ao Governo do Estado para doação de um micro, VAN e ambulância ao município.  

Somente em cursos da União dos Vereadores do Paraná (UVEPAR), as diárias foram usadas em fevereiro, março, duas vezes em abril e duas vezes em maio. Também foram usadas diárias em encontros e visitas, como a feita pelo presidente da Câmara, Celso Pinheiro, o primeiro a usá-la, 17 dias após o início do seu mandato em janeiro ao Tribunal de Contas do Estado.

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments