Vereadores repercutem envio de R$ 83 milhões do Governo Federal para Morretes

Porrua criticou comissionado do setor da comunicação da Prefeitura, Erick Kasmiroski, que, segundo ele, teria falado que envio de repasses era mentira

por Redação JB Litoral
01/06/2015 21:47 (Última atualização: 01/06/2015)

NULL

No último dia 06, em sessão plenária da Câmara de Morretes, vereadores repercutiram abertamente matéria divulgada pelo JB nesse mês, onde se demonstrou, com dados do Portal da Transparência, o envio de um total de R$ 83.354.417,84 de recursos do Governo Federal da presidente Dilma Rousseff (PT) para o município. Tais números levaram em consideração o repasse feito entre janeiro de 2013 até fevereiro desse ano, período onde o prefeito de Morretes foi Hélder Teófilo dos Santos, do PSDB, partido opositor à Dilma, demonstrando que o envio de recursos por parte da União não leva em consideração “picuinhas” políticas.

A matéria foi repercutida positivamente em plenário pelos vereadores Flávia Rebello Miranda (PT) e Maurício Porrua (SDD). Além disso, Porrua fez questão de criticar abertamente o coordenador de comunicação municipal da prefeitura, Erick Kasmiroski, que, segundo ele, postou em suas redes sociais que o envio de repasses do Governo Federal não teria ocorrido. “O que teria na cabeça este determinado funcionário para divulgar este tipo de coisas? Acho que este funcionário só pode estar pirado ou até mesmo sonhando para postar este tipo de informação irreal”, declarou o vereador, completando que o funcionário comissionado deveria se informar realmente sobre os fatos antes de divulgar as coisas.

Maurício Porrua continuou sua crítica e foi além, pediu para o presidente da Casa, Júlio César Cassilha (PPS), que Erick Kasmiroski fosse chamado para o plenário da Câmara com o intuito de prestar contas de onde ele“vem tirando estas informações irreais, haja vista que algum problema este indivíduo tem”, ressaltou.Cassilha respondeu que, com relação à vinda do funcionário do setor de comunicação para prestar esclarecimentos na tribuna, tal fato deveria ser requerido formalmente por Porrua para depois ser apreciado em plenário.
A vereadora Flávia ressaltou que, de acordo com ela, as informações divulgadas pelo JB foram obtidas pelo Portal da Transparência, algo que indica informações reais de repasses concretizados ao município. “Todos estão evidenciando o maior repasse proporcional em mais de 30 anos feito ao município, desta forma Morretes é o segundo no litoral que mais recebeu verbas do Governo Federal”, disse, elogiando o envio de recursos por parte da gestão Dilma.
“Em relação ao citado funcionário (Erick Kasmiroski), este qual é comissionado, o mesmo tem permissão para postar estes tipos de informações, desta forma a responsabilidade pelos seus atos é do prefeito que o contratou”, criticou Flávia, responsabilizando indiretamente o prefeito Hélder Teófilo dos Santos (PSDB) pela postagem das informações. Completando, a vereadora afirmou que o envio de recursos está acessível a qualquer cidadão no Portal da Transparência da União, sendo que essas informações não são trazidas “por um funcionário que tenta se vangloriar a todo custo e que ainda apoiou o “desgovernador” Beto Richa nas últimas eleições”, finalizou.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

 

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments